Tecnologias Apple pede desculpas por tornar iPhone mais lento

Apple pede desculpas por tornar iPhone mais lento

A tecnológica emitiu um comunicado a pedir desculpa aos consumidores pelos problemas do desempenho da bateria do iPhone. E anunciou que vai dar desconto aos clientes que queriam substituir a bateria do iPhone a partir de Janeiro.
Apple pede desculpas por tornar iPhone mais lento
Reuters
Negócios 29 de dezembro de 2017 às 10:21

A Apple pediu "desculpa" aos consumidores por ter tornado os aparelhos iPhone mais lentos. A confirmação dos problemas do desempenho dos seus smartphones acontece depois de ter sido publicado um estudo da Primate Labs que concluía que com o passar do tempo, o iPhone ia ficando mais lento despropositadamente.

Depois do estudo ter sido noticiado, começaram a chover criticas à marca da maçã. O que levou a empresa a vir publicamente pedir desculpas.

Num comunicado emitido no seu site, com o título "Uma mensagem para os nossos sobre a bateria e desempenho do iPhone", a tecnológica justifica os problemas da performance do iPhone 6 e 6S com a introdução do facto de querer "prolongar a vida" da bateria dos dispositivos e evitar que se desliguem "inesperadamente".

"Nós nunca fizemos - e nunca faríamos - nada para diminuir intencionalmente a vida de nenhum produto da Apple, ou piorar a experiência do utilizador para obrigar à compra de um novo produto. O nosso objectivo sempre foi criar produtos que os nossos consumidores adorem, e fazer o iPhons durar o máximo de tempo possível é uma parte importante [desse objectivo] ", garante a empresa liderada por Tim Cook.

Além disso, como forma de tentar redimir-se, a Apple anunciou que vai dar desconto aos clientes que queriam substituir a bateria do iPhone a partir de Janeiro. E vai ainda alterar o software iOS para informar os consumidores sobre a capacidade da bateria dos seus smartphones.




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
beachboy 30.12.2017

...a notícia não diz que vão alterar o software que retarda os telefones!...
...isso é que seria relevante!...

Anónimo 30.12.2017

Como isto anda ! Seria cómico se nao fosse triste ....

paiva 30.12.2017

APPLE E GRANDES BANCOS E BANQUEIROS PERDERAM A VERGONHA SE ALGUMA VEZ TIVERAM PIOR SO PABLO ESCOBAR

Anónimo 29.12.2017

PArece que nao leram a noticia toda...

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub