Mercados Futuros de bitcoin estrearam este domingo

Futuros de bitcoin estrearam este domingo

A compra e venda de contratos de futuros relacionados com a criptomoeda deu o pontapé de saída na Cboe. Na semana que vem, é a vez do CME Group disponibilizar um serviço semelhante.
Futuros de bitcoin estrearam este domingo
Bloomberg
Paulo Zacarias Gomes 11 de dezembro de 2017 às 00:25
A negociação de futuros associados à criptomoeda bitcoin, que arrancou este domingo, 10 de Dezembro, através da Cboe Global Markets, ficou marcada por uma forte subida no arranque, influenciando igualmente a cotação da divisa electrónica no mercado.

Nos primeiros minutos de negociação, os futuros que começaram a negociar nos 15.000 dólares, atingiram os 16.660 dólares, segundo dados da Bloomberg, tendo sido movimentados menos de 120 contratos com prazo em Janeiro nos primeiros sete minutos de transacção. Ao fim de uma hora eram pouco mais de 680.

A negociação dos futuros levou a cotação da bitcoin também a uma forte subida por volta das 23:00 - hora de início da transacção daqueles derivados - para próximo dos 16.000 dólares (15.905 dólares). Recua agora 2,68% para 15.224,650 dólares.

A Cboe antecipou-se à CME Group na estreia deste tipo de produtos - esta bolsa iniciará um serviço semelhante a 18 de Dezembro - em que será poderá ser possível apostar em subidas ou descidas desta moeda, no âmbito de contratos de compra e venda com preços e datas pré-estabelecidos. 

Além da Cboe e da CME Group, também a Cantor Fitzgerald LP obteve aprovação para negociar um outro instrumento financeiro associado à bitcoin, neste caso opções binárias. A garantia que estas instituições deram à U.S. Commodity Futures Trading Commission (CFTC) que os produtos em causa cumprem com o previsto na lei - auto certificação -, viabilizou o início da sua transacção em mercado.

Apesar de esta auto certificação permitir algum controlo sobre a divisa - que é, na sua génese, avessa a qualquer tipo de controlo oficial e centralização -, a Bloomberg conta que a Futures Industry Association avisou para o facto de os contratos de futuros terem sido viabilizados apressadamente, sem se analisarem devidamente os riscos que envolvem.

"A subida acentuada a que assistimos na bitcoin nas últimas semanas foi provavelmente ditada pelo optimismo anterior ao lançamento dos futuros. O mercado vai abrir-se a muitas pessoas que não investem actualmente em bitcoin," afirmou Randy Frederick, vice-presidente da área de trading e derivados da Charles Schwab à Reuters.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
Saber mais e Alertas
pub