Elvira Fortunato
Elvira Fortunato 23 de novembro de 2017 às 10:40

Ser grande! Ser português!

Quando me perguntaram qual a minha ideia para Portugal, pensei um bocado e, havendo tantas ideias possíveis, umas mais difíceis de concretizar, outras talvez demasiado arrojadas, outras ainda mais direccionadas para os problemas que nos têm assolado, achei que todas elas, por muito mérito e relevância que tivessem, iriam olhar sempre para um Portugal de um determinado ângulo e não no seu todo.
Assim, e como sou por natureza muito optimista e positiva e também como nunca tive preconceitos nem de superioridade nem de inferioridade, achei que seria talvez mais apropriado, em vez de uma ideia, transmitir um sentimento ou mesmo uma atitude. E longe de mim querer ser pretensiosa, gostava de partilhar convosco, mais uma vez, um dos poemas de Fernando Pessoa que nos transportam para uma outra dimensão, dimensão essa do orgulho de ser português e o quão grandes podemos ser se quisermos.

"Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive"
(Ricardo Reis)

Podem pensar que é pura demagogia, mas é realmente este o espírito que me move, e que tento transmitir, quer para os muitos alunos que por mim já passaram, quer na área da investigação, na qual todos os dias se motiva e incentiva toda uma equipa a tentar fazer sempre melhor.

Para que isto aconteça, basta que todos pensem e ajam desta forma, para que, juntos, construamos um Portugal ainda maior, que a todos sirva com orgulho naquilo que somos e fazemos. Tudo só depende de nós, e não custa nada! Basta potenciarmos a nossa imaginação e lutar para que as coisas aconteçam.

Se conseguirmos incorporar estes sentimentos e atitudes, então podemos dizer que cumprimos a nossa missão: sermos e fazermos os outros felizes. 


No âmbito do 20.º aniversário do Negócios, pedimos um artigo a várias personalidades sobre ideias para o futuro de Portugal. 
A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Mr.Tuga Há 2 semanas

Só um TROGLODITA tem orgulho em ser tuga.... Eu tenho VERGONHA!

Já dizia Eça: "SITIO MAL FREQUENTADO".

Rado Há 2 semanas

Português e grande ao mesmo tempo não dá.