Trading Novo ‘rei’ das moedas virtuais diz que "bitcoin será a maior bolha da história"

Novo ‘rei’ das moedas virtuais diz que "bitcoin será a maior bolha da história"

Mike Novogratz está a criar o maior hedge fund de criptomoedas e diz que é possível ganhar muito dinheiro neste mercado.
Novo ‘rei’ das moedas virtuais diz que "bitcoin será a maior bolha da história"
Bloomberg
Mariana Adam Bloomberg 28 de setembro de 2017 às 13:13

A Bloomberg revela que o milionário e antigo administrador da gestora de investimentos Fortress Investment Group está a criar um novo veículo de investimento para apostar exclusivamente em moedas virtuais. Mike Novogratz vai entrar com 150 milhões de dólares do seu próprio dinheiro e conta levantar mais 350 milhões de dólares junto de investidores externos até o final de 2017.


Fontes ligadas ao processo asseguram que a criação de este hedge fund - que se deverá chamar Galaxy Digital Assets Fund - está quase concluída e que se trata do maior fundo dedicado a criptomoedas. A Bloomberg tentou obter uma reacção de Mike Novogratz, mas este optou por não negar nem confirmar o negócio alegando restrições legislativas.

Mike Novogratz fez manchetes no início deste ano quando revelou que 10% do seu património líquido foi investido em bitcoin e ethereum. O investidor não falou sobre a criação do hedge fund, mas confirmou agora à Bloomberg que a sua participação no mercado de criptomoedas cresceu bastante nos últimos 9 meses.

Parece uma contradição, mas Mike Novogratz defende que as criptomoedas "serão a maior bolha das nossas vidas". O milionário com vasta experiência em hedge funds defende que a dimensão da bolha é a razão que o leva a acreditar que os investimentos nas criptomoedas podem ser muito lucrativos. "Os preços vão aumentar muito mais do que deveriam. É possível ganhar muito dinheiro se estiver no caminho certo e contamos com isso".


Novogratz desta vez não quantificou, mas numa outra entrevista no início deste ano disse que acreditava que o valor de mercado das criptomoedas poderia chegar a 5 biliões em 5 anos, tendo em conta que o valor actual é de 140 mil milhões de dólares, isso seria uma valorização de 3.500%.


Este mês a bitcoin atingiu um recorde de quase 5.000 dólares, depois caiu 30% em apenas duas semanas, com o impacto da proibição chinesa de ofertas de moedas iniciais e negociação doméstica em moedas virtuais. "Eu vendi a 5.000 ou 4.980. E três semanas depois, estou a tentar comprar abaixo dos 3.000", revela o milionário. "No fundo este é um mercado como qualquer outro: Vemos o medo e a ganância nos gráficos da negociação de criptomoedas como nos de rupia indonésia, dólar-ienes ou títulos do tesouro. Eles são exagerados devido à baixa liquidez".

A Bloomberg escreve ainda que existem apenas dois hedge funds que arrecadaram dezenas de milhões de dólares para investir em activos digitais: a Polychain Capital e a MetaStable Capital. E citando a mesma fonte acrescenta que o fundo de Mike Novogratz terá um mandato mais amplo, incluindo a criação de mercado, a arbitragem, as apostas em ofertas de moeda na internet e os investimentos de capital de risco no desenvolvimento de activos digitais. 

Da equipa do milionário vão fazer parte dois investidores experientes em investimento e hedge funds: Richard Tavoso, antigo funcionário da RBC Capital Markets; e David Namdar, que trabalhou no Millennium Partners, Marto Capital e UBS AG.

Conheça mais sobre as soluções de trading online da DeGiro.



Conheça mais sobre as soluções de  trading online da DeGiro.

pub
pub