Finanças Públicas Dívida pública baixa pela primeira vez em oito meses

Dívida pública baixa pela primeira vez em oito meses

A primeira queda no valor da dívida pública desde Fevereiro ficou a dever-se a amortização líquida de títulos, revela o Banco de Portugal.
Dívida pública baixa pela primeira vez em oito meses
Miguel Baltazar
Nuno Carregueiro 02 de dezembro de 2016 às 11:33

A dívida pública desceu 1,2 mil milhões de euros em Outubro, naquela que é a primeira queda desde Fevereiro, revelam os dados do Banco de Portugal divulgados esta sexta-feira, 2 de Dezembro.

 

O valor da dívida pública baixou para 243,2 mil milhões de euros, sendo que em Setembro tinha atingido 244,42 mil milhões de euros, o equivalente a 133,2% do PIB e o nível mais elevado de sempre.

 

"Esta variação reflecte amortizações líquidas de títulos (1,8 mil milhões de euros) e um aumento das responsabilidades em numerário e depósitos (0,4 mil milhões de euros)", refere uma nota do Banco de Portugal.
 

Em Outubro o IGCP procedeu à amortização de uma linha de obrigações que chegou à maturidade, no montante de 4.088 milhões de euros. Procedeu também à emissão de 1.112 milhões de euros em títulos de longo prazo e 1.367 milhões de euros em bilhetes do Tesouro (títulos de curto prazo).

 

Este factor foi determinante para a descida da dívida pública, sendo que os activos em depósitos registaram uma quebra mais acentuada. Assim, de acordo com o Banco de Portugal, a dívida pública líquida de depósitos da administração central registou um aumento de 1,4 mil milhões de euros em relação ao mês anterior, totalizando 224,6 mil milhões de euros, o que representa o valor mais elevado desde, pelo menos, Outubro do ano passado.

 

Em Novembro deverá ter ocorrido uma nova descida no valor bruto da dívida pública, já que o Governo decidiu reembolsar o Fundo Monetário Internacional em cerca de dois mil milhões de euros.

 

Recorde-se que no Orçamento do Estado para 2016 foi inscrito um valor de 127,7% do PIB para a dívida, entretanto revisto em alta no OE 2017 para 129,7%. Isso exigirá uma descida de mais de três pontos percentuais nos últimos três meses do ano.

 

(Notícia actualizada às 12:01 com mais informação)


A sua opinião31
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado JCG 02.12.2016

Mais um notícia parva.

É claro (e como já não há ativos - anéis - para vender) que enquanto houver défice na conta do Estado, a dívida pública efetiva só pode crescer.

comentários mais recentes
Que nos irá acontecer se os juros subirem mais? 04.12.2016

Pois é, só que quando este governo da geringonça começou a divida estava nos 230 mil milhões, com tendência a baixar,portanto, já subiu 14 mil milhões. Vamos pagar esta divida com o quê? senão houver controle nas despesas? Quanto mais divida, mais juros e se estes subirem como já subiram 1,5% p/ 3,8

Anónimo 03.12.2016

Pedir emprestado para pagar dívidas pode ser correcto desde que se prolongue o tempo e se diminua a taxa de juro. É o que se chama reestruturar a dívida. Só que isto faz-se sem alaridos nem propaganda estéril, pois existem factores como a confiança que não devem ser postos em causa

NOTÍCIAS ENVIEZADAS 03.12.2016

Se eu pedir 20.000 € a um amigo e lhe devolver 1.000€ (retirados à última tranche que me emprestou), digo que a minha dívida baixou pela 1ª vez. UAU! O importante é dizer quanto cresceu a dívida no ano ou num ano. O resto é treta para enganar papalvos.

Anónimo 03.12.2016

Maneira estupida(bruta) de matar pulgas.digam antes quanto e que ela subiu este ano com esta gatonagem auxiliada pelo irrequieto hiper.Se ela subiu 15.000.000.000 e tapa os olhos com 1 migalhas,nao enganam ninguem senao a eles proprios.Cada vez estamos mais proximos de 1 EU a dois:caloteiros e nordi

ver mais comentários
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub