Empresas Matosinhos altera contrato para Norteshopping construir túnel

Matosinhos altera contrato para Norteshopping construir túnel

A Câmara de Matosinhos deverá aprovar amanhã, 27 de Dezembro, a versão final do contrato de obras de urbanização na envolvente do Norteshopping, no âmbito da expansão deste centro comercial, que integra condições impostas pela Sonae para construir um túnel de ligação à A28.
Matosinhos altera contrato para Norteshopping construir túnel
As obras de ampliação do Norteshopping, para sul do actual empreendimento, deverão demorar cerca de 18 meses.
Rui Neves 26 de dezembro de 2016 às 15:15

A Sonae Sierra está próxima de conseguir todas as peças legais para arrancar, finalmente, com as obras de expansão do Norteshopping, num investimento estimado de 60 milhões de euros.

Amanhã, 27 de Dezembro, o executivo da Câmara de Matosinhos deverá aprovar a versão final do contrato de obras de urbanização, que inclui um aditamento ao alvará de loteamento do Norteshopping relativo à construção de um túnel de acesso à A28 desde a Avenida Calouste Gulbenkian.

O contrato de obras inicial, aprovado pela autarquia em Maio passado, passa a ter uma nova redacção relativamente a dois pontos.

A Sonae mostra-se disponível em promover a execução deste novo túnel de ligação à A28 "se e quando se encontrarem aprovados os projectos pelas entidades competentes e nunca antes da emissão da licença de construção referente às obras de ampliação a realizar no Lote 6 ampliado".

A calendarização das obras a financiar pelo Norteshopping também é alterada, "passando a prioridade das obras elencadas a estar dependente da aprovação das entidades e, por outro lado, ficando alocados 500 mil euros à obra de acesso da A28 à rotunda da ESAD".

Já "o restante valor dentro do limite de responsabilidade máxima assumido pela Norteshopping (1,5 milhões de euros), ou seja, o valor remanescente de um milhão de euros, será gasto no pagamento das demais obras, designadamente na obra da passagem superior da A28 entre o Estádio do Mar e Feira da Senhora da Hora", lê-se na agenda da próxima reunião do executivo matosinhense.          

O acesso ao futuro túnel de ligação à A28 ocorrerá em frente ao parque de estacionamento do Continente do "shopping" e irá ligar-se ao actual túnel de saída do parque de estacionamento para a A28.

Segundo o Estudo de Impacto Ambiental (EIA), "este túnel possibilitará que os veículos com origem no Norteshopping acedam à A28 através da Avenida Calouste Gulbenkian, diminuindo o volume de tráfego nos nós mais congestionados da rede, como o entroncamento entre a Avenida Dr. Manuel Teixeira Ruela e a EN 12 (Estrada da Circunvalação) e a rotunda AEP".

As obras de urbanização na envolvente do centro comercial, da exclusiva responsabilidade do Norteshopping, fundam-se na reorganização da rede viária que envolve o empreendimento, incluindo, para além de novos acessos à A28, a construção de duas rotundas, beneficiação dos percursos pedonais, incluindo duas ciclovias, a execução do reperfilamento e requalificação das ruas, e reforço da arborização.

Expansão do Norteshopping vai criar 700 novos empregos

As obras de expansão do maior centro comercial da região Norte deverão demorar 18 meses, sendo intenção da Sonae inaugurar o "novo" Norteshopping na segunda metade de 2018.

A expansão prevista, que vai aumentar o "shopping" em 15 mil metros quadrados de área bruta locável e o estacionamento em mais 850 lugares, "destina-se a comércio, serviços, restauração e actividades complementares próprias de um centro comercial".

Neste último segmento, incluem-se os cinemas, que serão transferidos para a cobertura do Norteshopping. "A actual localização dos cinemas, por sua vez, será também alvo de alteração, permitindo aumentar a oferta de lojas e restaurantes", lê-se no EIA.

Quando a área de expansão entrar em operação, o Norteshopping deverá aumentar o efectivo de trabalhadores "na ordem dos 25% a 30%", prevendo a criação de 700 postos de trabalho directos, a somar aos actuais 2.800, e de cerca de 1.200 indirectos, para um total superior a cinco mil empregos.


A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 27.12.2016

País do 3º mundo. Estragam as cidades com centros comerciais desmedidos.....

Mr.Tuga 27.12.2016

Bem visto!
O transito no local é uma aberração caótica! Um INFERNO!

Anónimo 27.12.2016

Talvez pudessem aproveitar para alargar a A28 para três vias em cada sentido, no trecho compreendido entre a ponte de Leça e a Rotunda dos Produtos Estrelas. Trata-se de um verdadeiro gargalo que há anos e anos prejudica imenso a vida de quem por lá circula, muito graças a este centro comercial.

Anónimo 27.12.2016

Mais uma facada no comércio tradicional. Tenham vergonha Senhores Politicos e revitalizam a cidade.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub