Empresas Corticeira Amorim encaixa 30 milhões com a venda da US Floors

Corticeira Amorim encaixa 30 milhões com a venda da US Floors

A Corticeira Amorim vai encaixar cerca de 30 milhões de euros com a venda da participação de 25%, detida por uma sua subsidiária, na US Floors, que opera no estado norte-americano da Georgia. Uma posição que tinha comprado há oito anos por menos de um terço do valor da alienação.
Corticeira Amorim encaixa 30 milhões com a venda da US Floors
António Rios Amorim, CEO da Corticeira Amorim
Bloomberg
Rui Neves 12 de dezembro de 2016 às 17:06

Os resultados líquidos da Corticeira Amorim, que se fixaram em 55,2 milhões de euros nos primeiros nove meses deste ano, vão registar um impacto positivo extraordinário de cerca de 30 milhões de euros no exercício deste ano por via da venda da participação de 25% na norte-americana US Floors, divulgou o grupo de Santa Maria da Feira em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Anunciada em 20 de Outubro passado, com a operação agora concluída, "em termos consolidados, estima-se que da alienação da participação na US Floors, Inc. resulte um ganho, líquido de impostos, de aproximadamente 30 milhões de euros", informa a Corticeira Amorim.

A participação de 25% na US Floors, empresa sediada em Dalton, estado da Georgia, estava pendurada na Amorim Flooring Investments, uma subsidiária integralmente detida pela Amorim Revestimentos, e foi vendida à Shaw Industries Group, que opera no mesmo estado norte-americano.  

Foi em Dezembro de 2008 que o grupo português adquiriu a participação de que agora se desfaz. Na altura, esta compra representou um investimento de cerca de 10 milhões de dólares (7,1 milhões de euros cotação de então, 9,1 milhões de euros à cotação actual).

No comunicado emitido em 20 de Outubro passado, a empresa portuguesa realçou que a US Floors irá continuar a comercializar os produtos da Amorim Revestimentos nos Estados Unidos. A US Floors comercializa compósitos em madeira e plástico sob a marca Coretec, além de revestimentos em cortiça, bambu e madeira. 



(notícia actualizada às 17:25)


A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub