As maiores vendas de Benfica, FC Porto e Sporting este defeso

Benfica, FC Porto e Sporting facturaram cerca de 126 milhões de euros com a venda de jogadores este defeso. Os "dragões" foram responsáveis por mais de metade deste valor.
Diogo Dalot foi vendido pelo FC Porto ao Manchester United por 22 milhões de euros. O jovem de 19 anos precisou apenas de oito jogos pelos "dragões" para convencer José Mourinho.
Bryan Cristante rendeu cinco milhões de euros ao Benfica. O italiano foi contratado pelo Atalanta.
Tobias Figueiredo convenceu o Nottingham Forest a avançar para a sua contratação após lá ter jogado por empréstimo. O Sporting encaixa 2,3 milhões de euros.
Ricardo Pereira deixa o Dragão após apenas uma época. O lateral-direito ruma ao Leicester City, com o clube inglês a pagar 22 milhões de euros aos campeões nacionais.
A saída de William Carvalho de Alvalade foi complicada. O jogador rescindiu após as agressões em Alcochete. O Bétis optou por chegar a acordo com o Sporting e pagou 20 milhões de euros.
O jovem João Carvalho é, até agora, a maior venda do Benfica este defeso. O médio de 21 anos rumou ao Nottingham Forest a troco de 15 milhões de euros.
O defesa Willy Bolly rendeu 12 milhões de euros ao FC Porto. Após uma época emprestado ao Wolverhampton, o francês convenceu os Wolves a contratá-lo definitivamente.
Piccini deixou Alvalade para rumar ao Valência. Nos cofres de Alvalade entraram oito milhões de euros.
André Horta foi transferido para o Los Angeles FC a troco de 5,7 milhões de euros. O jovem de 21 anos não se conseguiu afirmar no Benfica.
pub
jng@negocios.pt 07 de setembro de 2018 às 02:00

pub