Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Colunistas
Notícias desta secção

O ecrã faz tudo

27.11.2020 Manuel Falcão

A janela é o ecrã mais antigo que conhecemos. O nosso olhar para fora de casa começou por passar por ali. A realidade hoje é outra.

O que não é liderar

27.11.2020 Fernando Ilharco

Liderar, pelo seu lado, é aconselhar, inspirar, preocupar-se com as pessoas, distribuir os louros dos sucessos, assumir os fracassos, formar uma equipa, focar o futuro.

O espectáculo Novo Banco: um novo capítulo

27.11.2020 Bruno Faria Lopes

A caótica votação parlamentar da proposta que proibiu a transferência para o Novo Banco é a derradeira ilustração de como a política tem vindo a tratar do assunto - mais com o olho no espectáculo do que na defesa segura do interesse público.

Carga de despesa para o futuro

O Orçamento do Estado para 2021 corre o risco de estar desatualizado antes da entrada em vigor. As negociações do Governo com o PCP agravaram a despesa. O PSD ajudou na festa ao aliar-se ao Bloco de Esquerda numa estranha coligação que agravou os gastos e atira mais “batatas quentes” para o Executivo.

Nem se atrevam

26.11.2020 Pedro Santana Lopes

Que ninguém queira lucros desta missão. E parem de assustar as pessoas com as coisas que dizem sem ter a certeza, é completamente fora de tempo. Esta é uma daquelas gestas que fica na História da gente. Por Portugal e pelos portugueses.

O Cabo do Medo

26.11.2020 Paulo Carmona

A sociedade ocidental hoje é colecionadora de medos. Onde deveria ter cautela e receio, não faz por menos, tem medo. Medo das alterações climáticas, medo do Chega, medo dos comunistas, medo da covid, medo dos chineses, dos muçulmanos, medo, medo, medo.

A repetição do mesmo

26.11.2020 Joaquim Aguiar

O PS integrou numa plataforma maioritária dois pequenos partidos que não contribuíram com novas ideias de desenvolvimento e de modernização, mas usam o exercício de aprovação parlamentar do Orçamento para fazerem uma festa de “bar aberto”.

O Governo tem o que merece: “maiorias negativas”

25.11.2020 Camilo Lourenço

João Leão e o seu “chefe” não gostam de maiorias negativas? Azar: é o Parlamento que vota os orçamentos. E se António Costa não queria ficar sujeito a azares de última hora, tivesse negociado uma maioria estável. Moral da história: o Governo tem o que merece!

Chamem o Paxton

Caberia ao Estado português investir cerca de 750 milhões de euros. É quase nada – só em garantias já concedeu cerca de 6 mil milhões. Senhor primeiro-ministro, é hora de convocar o Paxton que há em si.

Ver Mais
Publicidade
C•Studio