Outros sites Cofina
C-Studio
Mais informações

C•Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do universo Cofina.
Aqui as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Notícia

Futuro do Interior: programa Promove tem candidaturas abertas até 24 de janeiro

Concurso lança a 5ª edição para apoiar projetos e ideias que contribuam para o desenvolvimento sustentável das regiões do interior de Portugal. Se tem um projeto inovador ou ideia com a força do interior, este programa é para si.

03 de Janeiro de 2023 às 10:33

Está lançada a nova edição do programa Promove da Fundação "la Caixa", em colaboração com o BPI e em parceria com a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT). O concurso vai já na 5ª edição e destina-se a apoiar projetos e ideias que impulsionam o desenvolvimento sustentável das regiões do interior de Portugal.


A dinamização destas regiões é uma prioridade para a Fundação "la Caixa" que, através deste programa, procura apoiar iniciativas inovadoras em domínios estratégicos para o desenvolvimento das regiões do interior e que sejam replicáveis para outras regiões com características semelhantes.


Na edição de 2023, serão apoiados a fundo perdido três tipos de iniciativas: projetos-piloto inovadores, a que se destinam apoios até 150 mil euros; projetos de I&D mobilizadores, com apoios até 250 mil euros; e ideias com potencial para se tornarem projetos-piloto inovadores, com atribuição de prémio de 5 mil euros.


As candidaturas para a 5ª edição do concurso Promove decorrem até 24 de janeiro e podem ser efetuadas online, aqui.

Para os projetos I&D mobilizadores, a nova edição do Promove mantém as linhas de apoio a atividades de investigação e desenvolvimento que se enquadrem em domínios estratégicos identificados pelo Governo português para o desenvolvimento do interior – águas termais, parques e reservas naturais, estudos sobre riscos biológicos e promoção de novas culturas e produtos naturais. Já os projetos-piloto e ideias devem centrar-se nos domínios de gestão de recursos naturais, criação de novos polos de desenvolvimento e atração de turistas e novos residentes.


Datas a lembrar
24 de janeiro de 2023
Candidaturas fecham às 23h59

Fevereiro a abril de 2023
Pré-seleção e avaliação de mérito

Maio de 2023
Apresentação dos projetos ao júri

Junho de 2023
Anúncio dos projetos apoiados

Alcance territorial do concurso


Depois de ampliado o alcance territorial do concurso na edição passada, a área de elegibilidade mantém-se nesta nova edição. Assim, o programa Promove está aberto a entidades que pretendam desenvolver projetos localizados ou com incidência em três áreas geográficas do interior do país.


No Norte, são elegíveis projetos e ideias em todos os municípios das NUTS II Alto Tâmega, Terras de Trás-os-Montes e Douro. No Centro, são elegíveis projetos e ideias em todos os municípios das NUTS III Beiras e serra da Estrela e Beira Baixa. No Sul, além dos municípios das NUTS III Alto Alentejo, Alentejo Central e Baixo Alentejo, são elegíveis os projetos e ideias com localização ou incidência nos municípios de Alcoutim, Castro Marim e Monchique, bem como nas freguesias de baixa densidade populacional do município de Silves – São Marques da Serra –, Alte, Ameixial, Salir e Querença/Benafim/Tôr do município de Loulé e Cachopo e Santa Catarina de Fonte do Bispo do município de Tavira, pertencentes à NUT III Algarve.




Parceria renovada para mais uma edição


Em quatro edições, o programa Promove apoiou 46 projetos e 22 ideias inovadoras, mobilizando um valor total de perto de 7,6 milhões de euros. Deste valor, 2,5 milhões foram assegurados pela FCT ao abrigo do acordo de financiamento conjunto (matching funds), que decorre da parceria entre a Fundação e a FCT iniciada em 2018 e alargada ao Promove a partir de 2020. Além do programa Promove, as duas entidades colaboram atualmente em outros três programas: o Concurso CaixaResearch de Investigação em Saúde, o Concurso Social Research Call e o Programa Validate.


PROMOVE
4 Edições anteriores


46 Projetos premiados


22 Ideias inovadoras apoiadas


7,6 milhões de euros Valor total de apoios mobilizado desde 2018


Fundação "la Caixa" destina 40 milhões de euros a projetos em Portugal


O percurso da Fundação "la Caixa" em Portugal começou em 2018, como consequência da entrada do BPI no CaixaBank. No ano de 2022, a Fundação destinou 40 milhões de euros a apoiar projetos sociais, de investigação, educativos e de divulgação cultural e científica. Para os próximos anos, a Fundação mantém o compromisso de alcançar um investimento de até 50 milhões de euros anuais.



Quem se pode candidatar?


1. Projetos-piloto inovadores


As candidaturas devem ser lideradas por empresas, entidades do Sistema National de Ciência e Tecnologia ou outras entidades privadas sem fins lucrativos, individualmente ou em regime de consórcio, podendo ter como parceiros entidades de administração pública e/ou do setor público empresarial e grupos informais que atuem para o bem comum.


2. Projetos de I&D mobilizadores


As candidaturas devem ser lideradas por unidades de I&D que tenham tido a classificação de Muito Bom ou Excelente na mais recente avaliação por parte da FCT, podendo ter como parceiras quaisquer entidades não empresariais, do Sistema Científico e Tecnológico Nacional, nomeadamente instituições do ensino superior, institutos e unidades de I&D, Laboratórios do Estado ou internacionais com sede em Portugal, instituições privadas sem fins lucrativos que tenham como objeto principal atividades de I&D e ainda outras instituições públicas e privadas, sem fins lucrativos, que desenvolvam ou participem em atividades de investigação científica.


3. Ideias com potencial para se tornarem projetos-piloto inovadores


As candidaturas devem ser lideradas e constituídas por estudantes do ensino superior que, no momento de apresentação da candidatura, se encontrem inscritos em licenciatura, mestrado ou doutoramento em universidades e institutos politécnicos localizados nas áreas geográficas indicadas em regulamento para este concurso. Cada candidatura deve ter como mentor um docente ou investigador e cada equipa deve ser constituída por dois a cinco elementos.


Saiba mais sobre o programa Promove 2023 em https://fundacaolacaixa.pt/pt/concurso-promove.