Outros sites Cofina
Comunicados de Imprensa
Notícia

1 em cada 3 lares portugueses altera utilização dos eletrodomésticos devido aos preços da energia

20 de Setembro de 2022 às 15:43
De acordo com o estudo "Hábitos sustentáveis na Cozinha em Portugal" realizado pela Beko, mais de metade dos portugueses afirma ter alterado o tempo de utilização dos aparelhos elétricos tendo em conta a tarifa atual de preços.
90% dos inquiridos declaram prestar agora muita atenção à eficiência energética dos seus eletrodomésticos.
 
Num contexto de grande incerteza como o que vivemos, e com a inflação e os preços da energia a disparar, os hábitos dos portugueses em casa mudaram com o objetivo de se adaptarem e lidarem com a realidade atual. Isto reflete-se nos resultados do estudo "Hábitos sustentáveis ??na cozinha em Portugal" realizado pela Beko, marca líder de eletrodomésticos na Europa, que revela que 1 em cada 3 lares portugueses (55% dos entrevistados) afirmaram ter alterado os seus hábitos em relação à utilização de alguns eletrodomésticos desde que os preços da energia começaram a disparar.

De acordo com os resultados, a mudança de hábitos mais comum tem sido a de adequar o tempo de utilização dos eletrodomésticos à tabela de preços. Isso é afirmado por (31%) dos entrevistados que utilizam agora menos alguns aparelhos, enquanto 17% prestam agora mais atenção à correta utilização dos eletrodomésticos e 17% afirma utilizá-los de forma a poupar energia e recursos, como por exemplo, com recurso a programas eco.

"A cozinha é provavelmente uma das divisões da casa em que ocorre o maior consumo de energia, pelo que apostar em hábitos e produtos que nos permitam ganhar eficiência energética é fundamental, sobretudo num contexto como o atual" afirma Manuel Royo, Marketing Director na Beko Ibéria. "Para o bem do nosso bolso e para o bem do planeta", acrescenta.

Eficiência energética e programas de poupança

Como os dados do estudo indicam, o forno é claramente o eletrodoméstico que causa mais preocupação em relação ao consumo por parte dos consumidores nacionais (com 34% dos inquiridos a demonstrar esta preocupação). Seguido do frigorífico (24%) e da máquina de lavar (17%).

Por outro lado, a utilização de programas eco, tanto em máquinas de lavar roupa como em máquinas de lavar loiça é bastante difundida com 1 em cada 3 lares portugueses a afirmar utilizar programas de poupança em ambos os eletrodomésticos. 3 em cada 4 utilizam programas de poupança na máquina de lavar roupa (77%) e 2 em cada 5 (39%) na máquina de lavar loiça.

O estudo também verificou que a utilização destes programas está mais evidenciada em lares com agregados familiares de 3 ou mais membros, aumentando quando reside no agregado um menor de 16 anos.

Ficou também em evidencia que quase 90% dos portugueses têm agora em atenção à eficiência energética de um eletrodoméstico no momento da compra, e 93% estão dispostos a pagar mais por um eletrodoméstico produzido de forma sustentável. Esta atenção aumenta à medida que aumenta a idade dos entrevistados.

Eletrodomésticos de máxima eficiência energética

Cada vez mais portugueses estão cientes da poupança energética que podem alcançar com algumas mudanças no seu dia a dia, como o uso de aparelhos energeticamente eficientes.

Além de conseguirem uma redução na fatura de energia, esta poupança de energia contribui para um menor impacto ambiental.

O frigorífico é o eletrodoméstico que mais consome, cerca de 30% do consumo total, pois está em funcionamento 24 horas por dia. Nesse sentido, a Beko recomenda apostar em modelos como os combinados B5RCNE365LXP ou B5RCNE365LXB, ambos de classe D.

O segundo eletrodoméstico que mais consome é a máquina de lavar roupa. Neste caso, uma boa opção é o modelo Beko B5WFT59418W, de classe A. Quanto às máquinas de secar, destacam-se os modelos B5T42243 e B5T43233, também na classe de maior eficiência energética.

Quanto às máquinas de lavar loiça, a marca possui modelos classe B, como o BDFN36650XC e o BDIN38650C e para quem procura a máxima eficiência energética nos equipamentos de cozinha pode optar pelos fornos BBIS12300XCSE ou BBIS13400XMSWE, e pela placa de indução HII 68811 NT.
Mais notícias