Outros sites Cofina
Notícia

Anturio inova na área comercial e mantém valor face a 2019

08 de Outubro de 2020 às 17:13
  • ...
Alteração dos processos internos e aposta forte na tecnologia permitiu à tecnológica nacional manter confiança mútua com os clientes e estabilizar sucesso comercial de forma sustentável.

A área comercial sempre foi considerada o motor de qualquer atividade, uma vez que é através desta área que as empresas colocam os produtos e serviços no mercado. Inicialmente, vencia quem tinha as áreas comerciais mais fortes, mas rápidas e com melhores discursos.

Nos últimos anos, a visão comercial mudou de novo. Para além de todas as características mencionadas anteriormente, tinha ainda de acrescentar valor. Mas o que é isto de acrescentar valor? Passa sobretudo pelo cliente considerar o comercial como um parceiro de negócio que traz soluções! «Para atingir este objetivo é necessário conhecer o cliente, a sua atividade, os seus processos e a criticidade dos mesmos. Passou a ser um "Client Business Manager" na verdadeira definição do termo», adianta Mário Almeida.

Após março de 2020, tudo se alterou. As mudanças passaram a ser constantes, a palavra chave passou a ser "adaptar"! Hoje, uma área comercial para vingar e cumprir objetivos tem de se reinventar todos os dias. A comunicação Líder vs Equipa tem de ser constante, a redefinição de metas a atingir tem de ser semanal, o feddback 360º tem que ser estimulado! «Necessitamos de Ideias! Necessitamos de testar novas abordagens! Queremos errar e corrigir! É imperativo comunicar com os clientes!», defende ainda o responsável.

Na Anturio, este processo decorreu de uma forma surpreendente, o que contribui para que, em nove meses, não perdesse valor em relação a 2019:
  1. Manter as equipas comerciais sempre que possível no escritório para manter a união e motivação.
  2. Desenvolver e testar novas formas de abordagem e comunicação com os nossos clientes e com o mercado em geral. Criámos a #anturioalwaysON, antes do termo ser utilizado por outros.
  3. Realização de duas reuniões curtas de brainstorming sobre o que vai ser o dia e o que foi.
  4. Ter um CRM com capacidade de adaptação, customização e parametrização que permita analisar e controlar as variáveis novas do negócio, como, por exemplo: a aposta da Anturio em marketing digital, um investimento que retornou uma serie de contactos - leads - que têm de ser geridos para não desperdiçar recursos.
  5. Digitalizar todos os processos, desde a criação de workflows, que permitem flexibilizar e automatizar os processos de negociação e fecho de negócios, à criação de um sub-módulo de contratos para automatizar o envio e assinatura digital, evitando deslocações desnecessárias e a utilização de papel.
  6. Acesso a um conjunto de análises - B.I. - que permita ajustar a estratégia da empresa.
«Para que esta realidade seja possível, é indispensável um ERP com grande capacidade de adaptação e com todos os departamentos integrados. Para o sucesso comercial, é muito importante fazer uma reunião com o cliente, tendo acesso a todos os dados comerciais e não comerciais, para criar uma relação de sucesso e confiança. Porque para o sucesso comercial de hoje é essencial a confiança ser mútua», desvenda Mário Almeida.
 
Mais notícias