Outros sites Cofina
Comunicados de Imprensa
Notícia

Insidepipe uma empresa com liderança no feminino

Duas mulheres apostam em tecnologia inovadora para reabilitar condutas, sem recurso a abertura de valas.

27 de Julho de 2021 às 10:03
Deolinda Jacinto, responsável técnica, e Maria do Céu Maltez, responsável comercial, são os nomes que desenvolveram a empresa de raiz. Amigas de longa data, juntam-se anos mais tarde para criar um negócio por conta própria - a Insidepipe – uma empresa que nasceu durante uma das maiores crises económicas que a nação portuguesa já sentiu, onde a inovação e a tecnologia têm um valor importante.  
São uma dupla de alfas que se complementam, unidas num valor comum – ser a empresa de referência do setor. Mulheres instruídas, com uma rede de contactos extensa e com uma visão de mercado transversal, mas que, no entanto, sentiram as dificuldades do seu género no mercado de trabalho onde se inserem. Um setor tipicamente dominado pelo sexo oposto e repleto de estigma, onde ver duas mulheres a tomarem decisões e a serem inovadoras é deveras atípico.
No entanto, Maria do Céu e Deolinda Jacinto, ao longo dos seus percursos profissionais, provaram com muita luta e garra que a Insidepipe é mais do que definida pelo género de quem a lidera.
Cresceu, superando todas as dificuldades inerentes a uma atividade pouco conhecida no mercado nacional. Não obstante, as fragilidades de uma start-up, tais como a inexistência de apoio ao empreendedorismo e recrutamento, como também a elevada carga fiscal e burocracia impostos às empresas.
O core business da Insidepipe (ver mais informação em www.insidepipe.pt) é a reabilitação de condutas sem o incómodo de abrir valas, com redução de perturbações acústicas, minimizando o impacto com o meio envolvente e o dia a dia da população. Trata-se de uma área de elevada tecnologia, daí a aposta continua no seu desenvolvimento, sendo a prova visível, o elevado rácio de investimento em fatores produtivos, bem com a proximidade que a mesma realiza com o ensino universitário.
A chave do seu sucesso e o que a diferencia da sua concorrência, deve-se à sua capacidade de responder de forma assertiva às necessidades dos seus clientes e do mercado, no cumprimento dos seus contratos tanto na qualidade dos serviços prestados, como no prazo de execução, compromisso atingido com base numa equipa de grande valor a nível técnico e humanos, e que acredita no projeto Insidepipe.
Um dos seus projetos mais sonantes e que demonstra a essência da Insidepipe, foi uma obra de reabilitação de um coletor unitário, com um diâmetro nominal de 1600mm que atravessa a Segunda Circular em Lisboa, a uma profundidade de 16 metros. Uma obra singular, sendo que nunca se tinha instalado um diâmetro tão grande na Europa.
Tem como objetivo alicerçar a sua posição a nível nacional e no curto prazo iniciar o seu processo de internacionalização, com a consequente contratação de postos de trabalho.
As empresárias resumem estes 10 anos como muito gratificantes e um processo de aprendizagem e enriquecimento diário, sendo o sonho de ambas, tornar a Insidepipe numa "empresa referência do mercado da reabilitação mundial".
Mais notícias