Comunicados de Imprensa  De 7 a 13 Outubro, Aveiro mostra tecnologia, arte e cultura

De 7 a 13 Outubro, Aveiro mostra tecnologia, arte e cultura

Techdays Aveiro, Criatech e Prisma reforçam a aposta em eventos diversificados, experimentalistas e de qualidade.
Comunicados de Imprensa 24 de setembro de 2019 às 16:47
Durante sete dias de outubro na cidade de Aveiro, um vasto conjunto de ações, conferências, exposições, instalações de luz, som, artes digitais e performances, irão reforçar o posicionamento do Município e colocar Aveiro como epicentro da rota tecnológica, num processo em crescendo de afirmação como polo de atração para as indústrias tecnológicas e criativas.
Para o líder da Autarquia, "trata-se de mais um importante passo, de uma visão integrada que a Câmara tem para o Município, com o relevante incentivo que o "Aveiro STEAM City" nos trouxe". Ribau Esteves enfatiza o trabalho "contínuo de mudança, que permite ao Município ter hoje uma atitude liderante em várias frentes, dando força à opção política de aposta na Tecnologia e integrando-o com o pilar da Cultura e do Ambiente, já em franca execução, quer por via da Candidatura do Município a Capital Europeia da Cultura 2027, quer através da valorização ambiental com obras e investimentos por todo o Município. A junção destes três eventos numa única semana, é uma opção de gestão para potenciar as suas interligações e para a sua maior visibilidade", concluiu.
Será por isso neste âmbito, que na Sessão de Abertura da 5.ª edição do Techdays Aveiro, que acontecerá nos dias 10 a 12 de outubro, a CMA apresentará o "namingSmartCity", que a partir de então estará associado a esta lógica de eventos e aos vários projetos e atividades que já temos em curso e que lançaremos a curto e a longo prazo.
Integrado nesta semana, acontece o Criatech, onde Aveiro será palco da terceira edição que apresentará no interior de alguns espaços públicos da cidade, peças e artistas de referência nacional e internacional.
Esta edição do Criatech será feita de 23 ações, entre as quais 17 instalações interativas e quatro performances (com três concertos), envolvendo 20 artistas de sete nacionalidades diferentes. O evento vai estender-se por 13 espaços de Aveiro, desde o Museu de Arte Nova à Igreja das Carmelitas e ao Teatro Aveirense, por exemplo, numa distribuição que não esqueceu as ruas da cidade e a interpelação do seu quotidiano.
Com uma aposta numa programação diversificada, experimentalista e de qualidade, o Criatech irá ao encontro do público em geral, desde o familiar ao especializado, no que se incluem os visitantes da cidade nos seus percursos turísticos.
Os projetos apresentados pretendem reforçar o elo de ligação entre a arte, a tecnologia e a criatividade, numa relação sensorial com o público através de instalações e performances dinâmicas e interativas. Ao mesmo tempo, o Criatech vai procurar questionar a relação e a importância da tecnologia na sociedade e da sua relação com o espaço público e patrimonial.

Suécia é país convidado do Techdays
A decorrer de 10 a 12 de outubro, o Techdays Aveiro dará visibilidade à importância da tecnologia como acelerador da inovação em prol do desenvolvimento económico e da melhoria da qualidade de vida dos cidadãos.
A edição de 2019 contará com diversas conferências a decorrer durante os três dias do programa, onde serão debatidos diversos temas relevantes no panorama atual, desde os novos modelos de governação de cidades inteligentes, à transformação digital na indústria, passando pelo 5G, competências do futuro e arte aliada à tecnologia. O evento irá contar com oradores de referência nacional e internacional das áreas académicas, artísticas, empresariais e governativas.
Tal como na edição anterior, que contou com a participação de um país convidado, o TECHDAYS Aveiro 2019 contará com a participação especial de uma comitiva da Suécia, liderada pela Embaixada da Suécia em Portugal e pela Câmara de Comércio Luso-Sueca.
A área de negócio do evento contará com mais de 130 expositores, divididos por cerca de 9000 m2, onde se poderão encontrar empresas, clusters, centros de investigação e diversas instituições. Neste espaço, os participantes poderão apresentar os seus produtos e serviços a todos os visitantes e agendar reuniões e encontros na área B2B Meetings.
O TECHDAYS também não esquece a importância de envolver a comunidade local neste evento, nesse sentido, irá também promover várias sessões de Gaming e tecnologia de jogos no espaço GamingCenter e contará ainda com os principais centros de ciência nacionais e empresas da área da educação para a ciência, que vão promover atividades para estimular o interesse das crianças nos campos da ciência, tecnologia, engenharia arte e matemática. Poderá já consultar algumas das novidades da edição deste ano em www.techdays.pt.
Destaque, ainda, para o lançamento do Prisma - Art Light Tech, nos dias 11 e 12 de outubro. O Prisma assume a luz como o seu elemento central, a sua matéria prima de base para ser moldada pela arte. Combina várias instalações de arte contemporânea que incluem projeções, instalações e obras de som e luz, decorrendo em vários espaços da cidade com a presença de artistas de renome internacional.
A estreia do Prisma faz-se com 10 pontos de fruição da luz, num circuito aberto que passará por lugares como a Praça da República, o Parque da Baixa de Santo António e o Museu de Aveiro / Santa Joana, incluindo os canais da Ria de Aveiro. Entre os artistas presentes contam-se figuras de países como Japão, Alemanha, República Checa e França, havendo lugar para um artista nacional através de uma convocatória ainda a decorrer.
A música não foi esquecida, estando marcada a presença de um DJ e um MC para animar uma batalha de sketchers digitais e uma actuação de música clássica em interação com a luz no coreto do Parque Infante Dom Pedro.
O Prisma virá fortalecer um ambiente inteligente para o crescimento das indústrias criativas em Aveiro, com base na cooperação entre criativos, estudantes, artistas e empresas. O Prisma trará à cidade um ambiente convidativo, divertido e convidará à exploração e (re)descoberta da cidade através de uma nova luz. O Prisma quer ser também um contributo para a boa gestão ambiental, chamando a atenção para a eficiência energética e convidando ao uso dos modos suaves de mobilidade.



Marketing Automation certified by E-GOI