Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Comissão Europeia acompanha fogo de Oleiros e disponibiliza apoio satélite

De acordo com o responsável pela área da Gestão de Crises, "a União Europeia está disponível para fornecer mais assistência" a Portugal, se necessário.

EPA
Lusa 26 de Julho de 2020 às 16:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Comissão Europeia disse hoje estar a "acompanhar de perto" o incêndio florestal em Oleiros, distrito de Castelo Branco, tendo já alocado apoio satélite para o combate ao fogo, a pedido de Portugal, disponibilizando mais assistência se necessária.

"Estamos a acompanhar de perto os incêndios florestais no município de Oleiros, em Portugal. O Serviço de Gestão de Emergências do Copernicus foi acionado para apoiar as autoridades nacionais de proteção civil", informou o comissário europeu com esta tutela, Janez Lenarcic, numa publicação na rede social Twitter.

De acordo com o responsável pela área da Gestão de Crises, "a União Europeia está disponível para fornecer mais assistência" a Portugal, se necessário.

"Os nossos pensamentos estão com todos os afetados", concluiu o comissário europeu na publicação.

De acordo com o pedido, consultado pela agência Lusa, o Copernicus foi ativado pelas 09:30 (hora local) de hoje, após um pedido realizado por Portugal.

Em causa está o recurso aos mapas de satélite produzidos pelo Serviço de Gestão de Emergência Copernicus para facilitar o combate ao fogo florestal, com este sistema europeu a fornecer informação geoespacial mais precisa para apoiar a Autoridade Nacional de Proteção Civil.

O fogo que deflagrou no sábado em Oleiros e alastrou aos concelhos vizinhos de Sertã e Proença-a-Nova, no distrito de Castelo Branco, está a ser hoje combatido por mais de 700 operacionais, apoiados por 14 meios aéreos e oito máquinas de rasto, informou o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita.

Também hoje, o governante assegurou "todos os esforços" no incêndio que lavra em Oleiros, Sertã e Proença-a-Nova, distrito de Castelo Branco, com prioridade na proteção das populações, admitindo que a mobilização do dispositivo até terça ou quarta-feira.
Ver comentários
Saber mais Comissão Europeia Castelo Branco Oleiros Sertã Proença-a-Nova incêndios
Mais lidas
Outras Notícias