Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Custo do salário mínimo sobe sete euros sem desconto na TSU

Sem qualquer redução da TSU, as empresas que já tinham acesso ao desconto de 2016 e que agora o perdem na totalidade suportam um aumento de 5,7% nos custos do salário mínimo. Em vez de 4,7%.

Pedro Elias/Negócios
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

É a consequência mais imediata da causa que esta terça-feira conseguir juntar, à volta de argumentos distintos, os votos de Bloco de Esquerda, PCP, Verdes e PSD. As empresas que no ano passado pagavam o salário mínimo (530 euros) com o desconto da TSU que então se aplicava, e que passarão a pagar o novo valor (557 euros) sem qualquer desconto verão os seus encargos com salários e contribuições subir 5,7% por trabalhador,

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais TSU salário mínimo concertação social Marcelo Rebelo de Sousa
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias