Economia Governo de esquerda põe PIB a crescer "à la direita"
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Governo de esquerda põe PIB a crescer "à la direita"

O Governo devolveu rendimentos. A direita temia que o crescimento voltasse ao modelo desequilibrado do passado. Mas os dados INE mostram o PIB a crescer segundo a cartilha ortodoxa: puxado pelo investimento e com um bom desempenho das exportações.
Governo de esquerda põe PIB a crescer "à la direita"
Pedro Elias
Margarida Peixoto 28 de fevereiro de 2018 às 23:20

Ao fim de meio mandato cumprido, o Governo de António Costa, suportado pelo apoio da esquerda parlamentar, vê a economia portuguesa a crescer 2,7%,  o maior ritmo desde o ano 2000. Com que motores? Investimento e exportaçõ

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião10
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado Anónimo 01.03.2018

No pelotão de trás da UE como sempre. Ninguém mandou reverter reformas... para o ano ainda será pior.

comentários mais recentes
Anónimo 01.03.2018

Fúncios, trolhas e garçons. Continuem, comunas, que vão longe.

pertinaz 01.03.2018

BELO ARTIGO DE PROPAGANDA

O CRESCIMENTO DO PAÍS ESTÁ AO NÍVEL DOS PIORES

MISÉRIA DE DESGOVERNO ESTE...!!!

Eusebio manuel Vestias Pecurto Vestias 01.03.2018

Por enquanto porque as despesa pública não diminui Enquanto não abordamos o problema da despesa pública as despesas fiscais e sociais Não passaremos e nada mudará Os paises que conseguiram reverter esse circulo vicioso em que vivemos há tantos anos recuperamos trabalhando para reduzir gradualmente os gastos públicos de forma concentrada e inteligente com todas partes interessadas Em Portugal nossa tradição centralizadora e conflituosa tornará isso muito dificil e dificil O deficits públicos e taxismos orçamentários atuarão como uma droga real cuja desintoxicação levar+a varias decadas

Anónimo 01.03.2018

Durante décadas a Esquerda alertou para o desbaratar das governações em relação aos fundos estruturais. PS/PSD/CDS desbarataram milhares de milhões de euros em obras desnecessárias em formações fraudulentas e em ajudas a empresas dos amigos. Isso sim foi uma vergonha!

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub