Economia May considera urgente negociar novo acordo de segurança com a UE

May considera urgente negociar novo acordo de segurança com a UE

A primeira-ministra britânica realça que uma ruptura da actual cooperação, em matérias de segurança, teria "consequências reais nocivas".
May considera urgente negociar novo acordo de segurança com a UE
Lusa 17 de fevereiro de 2018 às 11:31

A primeira-ministra britânica, Theresa May, considerou, este sábado, urgente negociar um novo acordo entre a União Europeia e o Reino Unido em matéria de segurança para a fase pós-Brexit, revela a Lusa.

Com a saída do Reino Unido da União Europeia – processo conhecido como Brexit -, Theresa May entende que é necessária "vontade política" para avançar para um novo acordo em matéria de segurança, justificando que uma ruptura da actual cooperação teria "consequências reais nocivas".


"Este não é um momento em que possamos permitir que a nossa cooperação seja inibida, a segurança dos nossos cidadãos seja colocada em risco pela competição entre parceiros, rigidez institucional e ideologias profundamente enraizadas", alertou, citada pelas agências internacionais de notícias, ao intervir numa conferência sobre segurança em Munique, Alemanha.


Para a líder britânica, europeus e britânicos "não podem adiar esta discussão" e devem alcançar "urgentemente um acordo para proteger todos os cidadãos europeus".


A responsável acrescentou que esse acordo deve manter a actual cooperação em matéria de segurança e preservar as capacidades desenvolvidas nos últimos anos, embora conservando as respectivas soberanias no âmbito legal.


O processo de saída do Reino Unido da União Europeia deve estar terminado dentro de mais de um ano, em finais de Março de 2019, mas actualmente as conversações entre britânicos e autoridades europeias parecem paradas, uma vez que ainda não houve conciliação sobre as futuras relações comerciais.




pub