Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Simplex 2022 prevê pensão social online e Balcão Migrante até final do ano

O Simplex 2022 foi anunciado esta terça-feira, conta com 48 medidas. Espera-se que a sua implementação esteja concluída até ao final deste ano.

As declarações de IRS têm de ser todas entregues online, obrigando os contribuintes a ter uma senha para cada membro da família.
Vítor Mota
Lusa 19 de Julho de 2022 às 09:08
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...
O Simplex 2022, anunciado esta terça-feira, conta com 48 medidas, entre as quais a pensão social online, os cuidados de saúde primários sempre em linha e o Balcão Migrante, com prazo de conclusão previsto para o final deste ano.

A medida "pensão social online", que se prevê que esteja disponibilizada no último trimestre deste ano, vai permitir ao cidadão a apresentação de pedido de pensão social "quando não cumpra o mínimo de 15 anos de descontos", de acordo com o Simplex 2022.

No que respeita ao Balcão Migrante, a medida visa "desenvolver o portal MyCNAIM para suportar serviços transacionais e com atendimento multilingue, por 'email', telefone ou videoconferência" até final do último trimestre do ano.

Além dos Exames de Saúde Digitalizados, que visa "desmaterializar integralmente todas as requisições de meios complementares de diagnóstico e terapêutica, abrangendo todas as áreas de exame, disponibilizando-os para consulta do utente no portal SNS e na app SNS24", o Simplex 2022 prevê os 'Cuidados Saúde Primários sempre em linha'.

Tal tem como objetivo "alargar as capacidades de resposta das linhas de atendimento aos cidadãos pelas unidades de cuidados de saúde primários (CSP), reforçando o aumento da capacidade através de Interactive Voice Response (IVR), com redução das chamadas não atendidas e interação com o cidadão", de acordo com o Simplex 2022.

Visa também "aumentar a eficiência das chamadas realizadas pelos cidadãos às unidades de cuidados de saúde primários (CSP), possibilitando que este canal específico e de atendimento seja mais célere e permita interação com o cidadão", tendo como data de conclusão o final deste ano.

A medida Medicamentos Comparticipados na Hora, que visa comparticipar os medicamentos dos beneficiários de Complemento Solidário para Idosos no ato da compra, também está prevista estar disponível nos últimos três meses do ano, deixando assim de ser necessário o pedido de reembolso no respetivo centro de saúde.

Ainda na área da saúde está previsto o e-Certificado da gravidez, que permite verificar "automaticamente a condição especial de atribuição do abono de família pré-natal" e "ser efetuada prova do tempo de gravidez, bem como do número previsível de nascituros", através da ligação entre Segurança Social e a Saúde, eliminando a necessidade de entrega de formulário em papel, de acordo com o Simplex.

Também até final do ano vai estar disponível a medida Fatura sem papel, que permitirá enviar faturas eletrónicas aos cidadãos e empresas por correio eletrónico diretamente através do programa de faturação, substituindo, "por opção do contribuinte, a versão física" da mesma.

Entre outras medidas previstas que estejam concluídas no último trimestre deste ano estão a Consulta de desemprego 'online', que disponibiliza ao cidadão o detalhe dos seus pedidos relacionados com a proteção no desemprego, incluindo os cálculos efetuados para apuramento de prazo de garantia, período de concessão e do montante da prestação ou os fundamentos para a não atribuição da prestação, bem como o Balcão do Condutor, que permitirá renovar automaticamente a Carta de Condução, consultar contraordenações, entre outros procedimentos relacionados com conduzir veículos.

O Simplex 2022 prevê ainda a Linha dos Fundos, que disponibilizará um serviço "multicanal" de atendimento integrado de apoio a todos os tenham interação com fundos europeus.

Antes do final do ano, com prazo de conclusão no terceiro trimestre, estão três medidas na área da saúde: SNS Omnicanal, Balcão SNS24 e Convocatória Digital.

A primeira visa "disponibilizar ao utente do SNS um acesso omnicanal - presencial, telefónico e digital, através do portal e da app - a um conjunto de informações e serviços digitais e de telessaúde, assegurando a equidade, transparência e a simplicidade do acesso ao SNS".

Já o Balcão SNS24 será expandido "a todo o território de Portugal continental", um espaço "de proximidade para acesso e prestação de serviços digitais e de telessaúde aos cidadãos, em entidades fora do Serviço Nacional de Saúde, como autarquias locais, estruturas residenciais para idosos e estabelecimentos prisionais e centros educativos".

A Convocatória Digital SNS tem como objetivo disponibilizar "meios digitais de convocatória para os principais atos dos cuidados de saúde primários, nomeadamente consultas, vacinação e rastreios", segundo o Simplex 2022, que tem como mote 'SIMplex diz SIM - às pessoas e às empresas".

A Autenticação Biométrica, que visa ativar os certificados de assinatura e autenticação do Cartão de Cidadão e a ativação da Chave Móvel Digital (CMD) com base em biometria facial, "eliminando a necessidade de deslocação a um balcão, implementando uma solução que permita também, em regime de teste, avaliar a renovação do cartão de cidadão numa app (aplicação)" estará disponível no segundo trimestre, tal como o Consulado Virtual.

Este último pretende "promover o acesso a serviços consulares digitais para portugueses residentes no estrangeiro".

Até junho do próximo ano estará também disponível o Simplex licenciamento, que pretende "eliminar licenças, autorizações e outros procedimentos que criem encargos para as empresas nas áreas do ambiente; urbanismo e ordenamento do território; indústria, comércio e serviços; e agricultura, melhorando a forma como são disponibilizados os serviços digitais que suportam estas formalidades e uniformizando o contacto entre a Administração Pública e as empresas e os cidadãos".

Estão também previstas medidas como a Via Verde do Estudante Internacional, a Ação Social no Ensino Superior Simplificado, entre outras.
Ver comentários
Saber mais Simplex política questões sociais orçamento do estado e impostos serviços públicos
Outras Notícias