Europa PPE mantém-se como principal força na Europa mas perde deputados

PPE mantém-se como principal força na Europa mas perde deputados

Grupo socialista também deverá perder lugares, o mesmo acontecendo com os comunistas. Os grandes vencedores deverão ser os liberais democratas e a Aliança de Salvini.
PPE mantém-se como principal força na Europa mas perde deputados
Reuters
Negócios 26 de maio de 2019 às 21:14

O PPE - Partido Popular Europeu (democratas-cristãos) deverá manter-se como a principal força política no Parlamento Europeu com 173 lugares, ainda que perca 43 deputados, de acordo com a projeção agregada das intenções de voto em 14 países divulgada pelo site Politico.

O Grupo da Aliança Progressista dos Socialistas e Democratas no Parlamento Europeu (S&D) também deverá perder (40) deputados mas mantém-se como segunda força política, com 147 lugares.


O ALDE - Grupo da Aliança dos Democratas e Liberais pela Europa -, aparece em terceiro lugar com 104 lugares (mais 35 do que nas últimas eleições), seguido pela Aliança de Salvini com 71 deputados, o que representa um crescimento de 35 lugares em relação a 2014.

Os Verdes ganham 14 deputados e surgem como a quarta maior força política em Estrasburgo com um total de 66 lugares. Já o grupo dos Conservadores e Reformistas Europeus (ECR) perde 17 lugares ficando apenas com 60.

Os comunistas também perdem (seis) lugares conseguindo apenas eleger 46 deputados, enquanto que o grupo 5 Estrelas-Brexit consegue conquistar mais três lugares para um total de 45.

Em França, o partido de Marine Le Pen (agora denominado União Nacional) deverá voltar a vencer as eleições europeias com 23,73% dos votos, à frente do partido do presidente Emanuel Macron com 22,47%. A líder da extrema direita já pediu a dissolução do parlamento gaulês.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI