Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Itália admite furar regras orçamentais e deixa Bruxelas dividida

Os líderes dos dois partidos que se aliaram para formar um inédito governo em Itália, Salvini e Di Maio, dividem-se sobre se devem ou não furar as regras orçamentais europeias para potenciar o crescimento económico. Ameaça de novo braço de ferro entre Roma e Bruxelas provoca divisões entre responsáveis europeus sobre como atuar perante o governo transalpino.

Luigi di Maio, Giuseppe Conte e Matteo Salvini Reuters
David Santiago dsantiago@negocios.pt 14 de Maio de 2019 às 19:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Pode não passar de ameaça, mas perfila-se no horizonte novo embate entre as autoridades de Roma e de Bruxelas. Esta terça-feira, 14 de maio, o vice-primeiro-ministro italiano e líder da Liga, Matteo Salvini, admitiu, citado pelo La Repubblica, "furar alguns limites, como por exemplo a regra [do défice orçamental] dos 3% ou dos 130%-140% [de dívida]".

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Itália UE Défice Dívida Valdis Dombrovskis Matteo Salvini Luigi Di Maio Giovanni Tria Comissão Europeia Giuseppe Conte Pierre Moscovici
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias