Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Procurador especial Mueller entregou relatório sobre investigação a Trump e Rússia

A investigação sobre a eventual interferência russa nas eleições presidenciais norte-americanas de 2016 durou cerca de 22 meses.

4º Robert Mueller – Procurador especial que investiga possível interferência russa nas eleições dos EUA
reuters
Sábado 22 de Março de 2019 às 21:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
O procurador especial Robert Mueller (na foto) entregou o seu relatório final sobre a alegada interferência russa nas eleições norte-americanas de novembro de 2016 vencidas por Donald Trump. O documento é secreto e está nas mãos do procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr. A investigação concluirá se Trump cometeu ilegalidades durante a campanha. 

A investigação durou 22 meses. Analisou se o presidente Trump ou o seu staff conspiraram em matéria de interferência russa nas eleições de 2016. Barr terá agora que decidir que partes do relatório tornará públicas. Ainda não se sabe se Mueller detetou irregularidades cometidas por Trump ou pela sua equipa de campanha. 

Duas operações russas marcaram a investigação de Mueller: a divulgação de falsas informações nas redes sociais, e a revelação de milhares de emails roubados por piratas informáticos ao Comité Nacional Democrático e a outros alvos democratas. Até agora, 25 pessoas de nacionalidade russa foram acusadas pela equipa de Mueller. 

Desde 2017 que Mueller analisa se a equipa da campanha de Trump conspirou com Moscovo para tentar influenciar as eleições e se Trump tentou obstruir a investigação.
Ver comentários
Saber mais Robert Mueller Donald Trump procurador-geral dos Estados Unidos política eleições Moscovo William Barr
Outras Notícias