Política "Vai-se encontrar com Juncker, isso são boas notícias", diz Marcelo a Trump

"Vai-se encontrar com Juncker, isso são boas notícias", diz Marcelo a Trump

O chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa, congratulou hoje o seu homólogo norte-americano, Donald Trump, pelo facto de se ir encontrar com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, considerando que "são boas notícias".
EPA EPA EPA EPA EPA Lusa Lusa Lusa
Lusa 27 de junho de 2018 às 20:56

Marcelo Rebelo de Sousa falava no início de um encontro com o Presidente dos Estados Unidos da América na Sala Oval da Casa Branca, em Washington, após ouvir Donald Trump defender que as tarifas alfandegárias sobre importações de aço e de alumínio da União Europeia, do México e do Canadá "têm sido incríveis" para a economia norte-americana.

 

Numa altura em que a comunicação social estava prestes a sair da sala, o Presidente português observou apenas: "Vai encontrar-se com o Presidente Juncker, isso são boas notícias. São boas notícias".  

 

Nestas declarações aos jornalistas, em que Trump falou sobre as relações bilaterais entre Portugal e os Estados Unidos, mas respondeu a vários questões sobre assuntos internos, Marcelo Rebelo de Sousa ouviu-o também defender a necessidade de "fronteiras fortes".

 

"Eu acho que é bom para nós", disse o Presidente norte-americano e, virando-se para Marcelo Rebelo de Sousa, comentou: "Eu nem sequer sei o que pensa sobre isso".

 

O Presidente português pareceu expressar discordância, abanando ligeiramente a cabeça, enquanto Trump prosseguia: "Eu acho que fronteiras fortes e ausência de crime, isso somos nós".




pub

Marketing Automation certified by E-GOI