Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Alemanha arranca com nova investigação à Volkswagen

Desta vez, o que está em causa são as emissões de dióxido de carbono. As autoridades alemãs querem apurar se existiu evasão fiscal ou fraude nesta segunda vaga do escândalo de emissões.

Bloomberg
Wilson Ledo wilsonledo@negocios.pt 24 de Novembro de 2015 às 16:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Ministério Público alemão em Braunschweig informou esta terça-feira, 24 de Novembro, que lançou uma segunda investigação formal ao grupo Volkswagen, na sequência do escândalo de manipulação de emissões poluentes.

Depois de o grupo confirmar ter adulterado as emissões de dióxido de carbono em 800 mil carros, as autoridades querem agora apurar se existiu evasão fiscal neste processo. Não estão também descartadas acusações de fraude.

A investigação está focada em cinco funcionários da fabricante automóvel, embora não tenham sido relevados mais pormenores, escrevem as agências Bloomberg e Reuters.

A Volkswagen já garantiu aos Governos dos vários países europeus que o desvio fiscal entre os impostos homologados e o valor real de emissões será coberto pelo grupo. Os níveis de dióxido de carbono integram a base tributável dos impostos automóveis.

O Ministério Público em Braunschweig já se encontrava a investigar a primeira vaga do escândalo, que envolve 11 milhões de carros a gasóleo com emissões de óxido de azoto (NOx) manipuladas.

Ver comentários
Saber mais Ministério Público Volkswagen crime lei e justiça economia negócios e finanças investigação emissões ambiente poluição
Outras Notícias