Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Volkswagen pressionada a comprar carros a diesel mais antigos

A Volkswagen enfrenta agora pressão por parte das autoridades norte-americanas para comprar alguns dos seus carros equipados com motores a diesel afectados pelo escândalo de emissões poluentes.

Bloomberg
Inês F. Alves inesalves@negocios.pt 20 de Novembro de 2015 às 09:36
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Um porta-voz da California Air Resources Board (CARB) confirmou que a sua líder, Mary Nichols, disse ao germânico Handelsblatt que a Volkswagem poderá ter de comprar alguns dos seus modelos mais antigos a diesel, escreve a Reuters. "Penso que é muito provável que eles acabem por comprar pelo menos uma porção da frota aos seus proprietários actuais", disse Nichols, citada pelo jornal alemão.

Enquanto os carros mais recentes podem ser arranjados com recurso a alterações de software e os de média geração podem precisar de software e de alterações ao nível dos componentes físicos, os carros mais antigos podem ter de ser  recolhidos em vez de equipados com novos sistemas de controlo de emissões poluentes.

Separadamente, o senador norte-americano Ed Markey, de Massachusetts, e o senador do Connecticut, Richard Blumenthal, divulgaram uma nota em que urgem a Volkswagen a comprar os seus veículos a diesel que não respeitam os parâmetros legalmente definidos.

O porta-voz da CARB também informou que a autoridade tem agendada uma reunião com a Agência de protecção Ambiental dos EUA  e com a Volkswagem esta sexta-feira. Este encontro visa a apresentação de uma proposta detalhada para a chamada às oficinas – "recall"- e arranjo dos 482 mil veículos vendidos nos EUA com motores a diesel que emitem mais gases poluentes do que os permitidos por lei.

As autoridades impuseram à Volkswagen a apresentação de um plano para arranjar os carros afectados até 20 de Novembro.

O produtor automóvel disse em Setembro que cerca de 11 milhões de carros com motores a diesel foram afectados em todo o mundo, incluindo os 482 mil nos EUA.

"Estou pessoalmente esperançoso que sejamos capazes de anunciar algo em breve sobre as soluções… e quais vamos discutir com as autoridades nos próximos dias", disse Michael Horn, director da Volkswagen EUA, esta quarta-feira, no Los Angeles Auto Show.

 

Ver comentários
Saber mais Volkswagen empresas automóvel EUA emissões diesel
Outras Notícias