Banca & Finanças CGD: Imparidades de 2016 vão traduzir-se em "resultados positivos"
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

CGD: Imparidades de 2016 vão traduzir-se em "resultados positivos"

O antigo revisor oficial de contas considera que a CGD vai reverter as imparidades e alcançar resultados positivos nos próximos anos.
CGD: Imparidades de 2016 vão traduzir-se em "resultados positivos"
Lusa
Rita Atalaia 02 de abril de 2019 às 22:20

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) conseguiu assegurar lucros futuros com as perdas registadas em 2016. Isto porque houve um excesso de imparidades neste período, afirmou Manuel de Oliveira Rego, que foi o revisor oficial de contas (ROC)

)

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
pub

Marketing Automation certified by E-GOI