Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dona da Fidelidade e maior accionista do BCP pondera comprar seguradora belga Ageas

O grupo chinês Fosun, principal accionista do BCP, está a considerar adquirir a totalidade ou partes da gigante belga da área das seguradoras, a Ageas, que também tem uma presença forte em Portugal.

Reuters
Negócios jng@negocios.pt 25 de Julho de 2018 às 10:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

A Fosun International, com vários negócios em terreno nacional, está a ponderar fazer uma proposta para adquirir a totalidade ou partes da gigante belga da área das seguradoras, a Ageas, que também tem uma presença forte em Portugal. A notícia é avançada esta quarta-feira, dia 25 de Julho, pela Bloomberg.

Segundo a agência de informação financeira, o grupo de investimento chinês liderado pelo multimilionário Guo Guangchang, está a discutir internamente com conselheiros as possíveis alternativas para o negócio. Uma das possibilidades é dividir a actividade da empresa sediada em Bruxelas. Para já não há uma decisão fechada, sendo que actualmente a Fosun já detém 3% da Ageas.

O potencial negócio, a concretizar-se, terá a atenção especial dos reguladores uma vez que a Ageas é a maior seguradora da Bélgica e tem operações em vários países europeus, além de estar presente na China, Malásia, Índia, Tailândia, Filipinas, entre outros. Em Portugal a Fosun controla a Fidelidade e a Ageas tem uma presença significativa. Além disso, o BCP, onde a Fosun é a maior accionista, tem uma parceria na área seguradora com a Ageas, nomeadamente através da Ocidental.

A Ageas, empresa que em Portugal agrega a Ocidental, Medis, Ageas Seguros e Direct, tem um valor de mercado de 8,9 milhões de euros. As acções da cotada belga já subiram 7,2% desde o início do ano. Esta notícia impulsionou ainda mais os títulos da seguradora que estão a valorizar mais de 5% em Bruxelas, a maior subida em seis anos. 

No primeiro trimestre, o lucro do grupo belga mais do que duplicou, passando de 110 para 248 milhões de euros. A contribuir para este resultado estiveram os "excepcionais resultados" obtidos na China.

Uma das áreas em que a Fosun tem expandido a nível internacional é no sector dos seguros. Em Portugal, o grupo chinês comprou a Fidelidade, seguradora anteriormente detida pela Caixa Geral de Depósitos, em 2014 por mais de mil milhões de euros, e ainda a Luz Saúde, além de deter 5% da REN. De acordo com a Bloomberg, o grupo de investimento também comprou a seguradora norte-americana Ironshore em 2015 por 2,1 mil milhões de dólares, mas já a vendeu.

Recentemente, a Fosun decidiu apostar na área do turismo, tendo criado uma filial. A Fosun Tourism and Culture Group (FTC) é constituída a partir de uma divisão da empresa dedicada a "oferecer aos clientes experiências de turismo e lazer". 

Ver comentários
Saber mais Fosun chineses BCP Ageas Portugal Bélgica China seguradora
Mais lidas
Outras Notícias