Banca & Finanças Estónia: Transacções financeiras transfronteiriças ascenderam a 1,1 biliões entre 2008 e 2017

Estónia: Transacções financeiras transfronteiriças ascenderam a 1,1 biliões entre 2008 e 2017

A Estónia, que tem estado sob os holofotes devido ao escândalo de lavagem de dinheiro que envolveram o Danske Bank, revelou que circularam no país mais de 1,1 biliões de euros entre 2008 e 2017.
Estónia: Transacções financeiras transfronteiriças ascenderam a 1,1 biliões entre 2008 e 2017
Reuters
Negócios 03 de outubro de 2018 às 19:56

As transacções financeiras transfronteiriças realizadas entre 2008 e 2017 totalizaram 1,1 biliões de euros, revelou esta quarta-feira, 3 de Outubro, o banco central da Estónia. O anúncio surge numa altura em que o país está sob escrutínio, depois do escândalo que assolou o Danske Bank, que se viu envolvido em suspeitas de lavagem de dinheiro no montante de 200 mil milhões de euros, na sua unidade da Estónia.  

 

A Estónia é um país de 1,3 milhões de pessoas e o produto interno bruto (PIB) foi de 25 mil milhões de euros, em 2017. Valores que levam a que se suspeite que o dinheiro que circulou no país não esteja relacionado com a actividade económica do país.

 

Os alarmes soaram todos depois de terem sido descobertas transacções suspeitas através da unidade estónia do Danske. Um relatório divulgado pelo banco, em Setembro, revelou que foram realizadas operações no valor de 200 mil milhões de euros, entre 2007 e 2015, cuja maioria está sob suspeita.

 

O Danske Bank revelou ainda que a investigação cobriu 15 mil clientes, que fizeram transacções num valor total de 9,5 mil milhões de euros através da filial estónia. O banco não adiantou estimativas precisas das transacções suspeitas, mas já reportou quase 6.200 clientes às autoridades dinamarquesas.

 




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI