Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Novo Banco vende portefólio de imobiliário logístico

A subsidiária GNB Real Estate já tinha comunicado, no final da semana passada, a celebração de um contrato de promessa de compra e venda, após processo de venda competitivo, para o desinvestimento de uma carteira de ativos imobiliários detido maioritariamente pelos fundos imobiliários NB Património e NB Logística.

Questionado sobre se pondera sair do Novo Banco caso conclua que a sua presença prejudica a instituição devido ao caso Vieira, António Ramalho disse estar “comprometido até 2024”.
Pedro Catarino
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
O Novo Banco fechou a nova venda de uma carteira de ativos imobiliários. O banco comunicou esta segunda-feira ao mercado a transação, sem avançar o valor, sublinhando que terá um impacto positivo nos rácios de capital.

"O portefólio compreende maioritariamente ativos de logística localizados em Portugal. A março de 2022, o novobanco detinha, em média, uma participação de cerca de 75% dos referidos ativos imobiliários", diz o banco em comunicado. "A concretização da transação, nos termos acordados, deverá ter um impacto positivo de cerca de 35 pb [pontos-base] no rácio de capital total do grupo novobanco".

A subsidiária GNB Real Estate já tinha comunicado, no final da semana passada, a celebração de um contrato de promessa de compra e venda, após processo de venda competitivo, para o desinvestimento de uma carteira de ativos imobiliários detido maioritariamente pelos fundos imobiliários NB Património e NB Logística.

"O sucesso desta transação relevante reflete o momento positivo do mercado deste segmento imobiliário, com uma redução significativa da yield nos últimos 12 meses e consequente aumento do preço, dado o aumento da procura por ativos logísticos pós-pandemia", explica o Novo Banco.

Esta transação fazia parte das medidas previstas pelo grupo para acelerar o desinvestimento de ativos não-"core", e constitui uma das medidas que juntamente com outras a serem implementadas resultarão em geração de capital ao longo de 2022, de acordo com o banco.
Ver comentários
Saber mais Banco Novo Banco NB
Outras Notícias