Comércio Greves dos motoristas "sem impacto" para a Sonae

Greves dos motoristas "sem impacto" para a Sonae

As greves dos motoristas de matérias perigosas em abril e este mês não tiveram impacto nas operações da Sonae, diz o CFO da empresa.
Greves dos motoristas "sem impacto" para a Sonae
Pedro Noel da Luz/Correio da Manhã
Pedro Curvelo 21 de agosto de 2019 às 20:21
A greve de abril dos motoristas de matérias perigosas "não se fez sentir" nas operações da Sonae, disse esta quarta-feira ao Negócios o administrador financeiro (CFO) da empresa, João Dolores. Também a greve de 12 a 18 de agosto dos motoristas "não impactou o normal funcionamento da Sonae", assegurou.

O responsável refere que a empresa "estava preparada para a paralisação" e organizou as operações de forma a que os seus efeitos não perturbassem o funcionamento normal.

Apesar de o grupo não ter sentido o impacto, João Dolores indica que a Sonae "gostaria de ver a situação de conflito resolvida rapidamente".

O Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) anunciou esta quarta-feira que convocou uma nova greve para o período compreendido entre 7 e 22 de setembro. No entanto, desta feita a greve "incidirá somente sobre as horas de trabalho acima das 8 horas nos dias úteis e sobre trabalho aos fins de semana e feriados". 



pub

Marketing Automation certified by E-GOI