Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ministério Público admite pedir que Mexia não possa gerir cotadas

António Mexia e Manso Neto viram as funções no grupo EDP suspensas, em sede de inquérito judicial. E ficou já a pender sobre os gestores a possibilidade de, em sede de eventual acusação, o Ministério Público pedir a proibição de exercício de funções em cotadas e empresas públicas.

António Mexia e João Manso Neto viram o tribunal suspender as suas funções no grupo EDP, como medida de coação.
António Mexia e João Manso Neto viram o tribunal suspender as suas funções no grupo EDP, como medida de coação. Miguel Baltazar
Alexandra Machado amachado@negocios.pt 09 de Julho de 2020 às 23:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...
...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais António Mexia Manuel Pinho Ministério Público Carlos Alexandre João Conceição João Manso Neto REN EDP política Ministério da Economia crime lei e justiça tribunal
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias