Empresas Sonae dá apoio de 300 mil euros à Galeria da Biodiversidade

Sonae dá apoio de 300 mil euros à Galeria da Biodiversidade

O protocolo de mecenato com a Universidade do Porto abrange a estrutura instalada no Jardim Botânico. Elogiado por "saber mais do que alguns biólogos", Paulo Azevedo contou que a empresa recusa 90% dos patrocínios pedidos.
António Larguesa 27 de setembro de 2018 às 18:12

A Sonae assinou esta quinta-feira, 27 de Setembro, um acordo de mecenato com a Universidade do Porto no valor de 300 mil euros, válido para os próximos três anos, dirigido em particular à Galeria da Biodiversidade, que faz parte do Museu de História Natural e da Ciência desta instituição de Ensino Superior.

 

A promoção, divulgação e investigação científica no domínio da biodiversidade é o foco deste apoio enquadrado na política de responsabilidade corporativa da empresa nortenha, que investe cerca de dez milhões de euros anuais naquilo que designa como a promoção do bem-estar social e cultural das comunidades onde opera.

 

Numa cerimónia na Galeria da Biodiversidade – Centro Ciência Viva, instalada desde 30 de Junho de 2017 na Casa Andersen, no Jardim Botânico do Porto, Paulo Azevedo confidenciou que até foi a Sonae que pediu para se tornar mecenas deste projecto, que é uma "mistura de ciência, arte e poesia". É que este palacete, nas mãos do Estado desde 1949, foi a casa dos avós de Sophia de Mello Breyner e Ruben A., e inspirou a obra destes escritores.

 

"Uma coisa muito aborrecida nas empresas é gerir os ‘nãos’ aos muitos pedidos que recebemos. Temos de dizer que não a 90% dos pedidos. Este fomos nós que pedimos" para apoiar, sublinhou o chairman e co-CEO da Sonae, acrescentando que no âmbito deste acordo de mecenato será lançado um prémio nacional na área da biodiversidade, que terá um júri internacional "de alto gabarito" e foco no continente africano.

 

Já depois de Nuno Ferrand de Almeida, director do Museu de História Natural e da Ciência, ter elogiado os conhecimentos de biologia de Paulo Azevedo – "sabe mais do que alguns biólogos", gracejou –, o novo reitor da Universidade do Porto, António de Sousa Pereira, expressou um "aplauso e gratidão" à Sonae e dramatizou que num contexto de subfinanciamento do Ensino Superior, os apoios das empresas são "fundamentais para cumprir a missão de serviço público".




pub

Marketing Automation certified by E-GOI