Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Falta de licenças abranda renováveis da Galp

Até 2024, a Galp deverá desenvolver menos capacidade de energias renováveis na Península Ibérica face ao previsto no ano passado. No entanto, as metas para a década não estão comprometidas.

O CEO da Galp, Andy Brown, apresentou    esta segunda-feira os resultados de 2021, que se traduziram em lucros de 457 milhões de euros.
O CEO da Galp, Andy Brown, apresentou esta segunda-feira os resultados de 2021, que se traduziram em lucros de 457 milhões de euros. António Pedro Santos/Lusa
Ana Sanlez anasanlez@negocios.pt 21 de Fevereiro de 2022 às 21:27
  • Partilhar artigo
  • ...

A Galp reviu em baixa as perspetivas para a instalação de projetos de energia renovável em 2023 e 2024 na Península Ibérica. As metas reveladas na apresentação de resultados desta segunda-feira, na qual a energética atualizou o ‘outlook’ de curto prazo, mostram uma quebra face aos montantes (não quantificados) divulgados no Capital Markets Day (CMD) de junho do ano passado. O motivo prende-se com o ritmo de licenciamento

...

Ver comentários
Saber mais Galp Andy Brown GW Península Ibérica Capital Markets Day Sines licenciamento renováveis energia
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio