Energia Total ganha corrida para comprar Novenergia com oferta acima de 600 milhões

Total ganha corrida para comprar Novenergia com oferta acima de 600 milhões

Os franceses da Total superaram os chineses da Datang na disputa pela compra da companhia que controla a Generg.
Total ganha corrida para comprar Novenergia com oferta acima de 600 milhões
Bloomberg
Negócios 25 de fevereiro de 2019 às 19:36

Estará fechado mais um negócio de relevo no setor das energias renováveis em Portugal. O Expresso noticia esta segunda-feira que os franceses da Total já chegaram a acordo para comprar a Novenergia, tendo colocado em cima da mesa mais de 600 milhões de euros, uma soma suficiente para superar os chineses da Datang .

 

A Novenergia é o quarto maior produtor de energia renovável em Portugal, controlando a Generg, que tem 436 MW eólicos em operação no país, além de pequenas centrais hídricas e centrais solares.

 

Segundo o Expresso, a oferta da Total superou a da estatal chinesa Datang (que oferecia perto de 600 milhões), o fundo norte-americano Contour Global e a Finerge.

 

A EDP lidera nas energias renováveis em Portugal, seguindo-se a Finerge, que foi comprada pelos australianos da First State em 2015 aos italianos na Enel por 900 milhões de euros. Ainda acima da Novenergia está a Iberwind, que em 2015 foi vendida pelo fundo Magnum Capital ao grupo chinês Cheung Kong por mil milhões de euros.

 

A Novenergia é liderada por Carlos Pimenta, que em declarações ao Expresso não confirma o negócio mas salienta que o processo "correu de forma muito intensa e competitiva e em que o valor da empresa, das pessoas que a integram e do seu potencial de crescimento foi reconhecido pelo vencedor e também pelos outros principais concorrentes".

 

A Total vendeu os postos de abastecimento de combustível em Portugal em 2008 à espanhola Cepsa, tendo regressado no ano passado ao mercado português de combustíveis.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI