Startup portuguesa excede meta de financiamento para internacionalizar. Já vale 2,3 milhões

A INIU, uma startup portuguesa que desde 2017 se dedica à comercialização de sumos naturais, está pronta para se lançar no Reino Unido - tanto que o apoio dos investidores já excede os 330 mil euros necessários.
Jornal de Negócios
pub
Ana Batalha Oliveira 05 de setembro de 2018 às 18:40

A startup portuguesa INIU queria 330 mil euros para lançar os seus sumos no Reino Unido. Pediu-os através da plataforma de crowdfunding Seedrs e já ultrapassou a fasquia que pretendia, a qual confere à empresa o valor de 2,3 milhões de euros.

A INIU oferecia 12,5% do seu capital em troca de 330 mil euros. A ronda de financiamento, que já atraiu mais de 150 investidores, entrou em "overfunding" e vai manter-se activa durante as próximas semanas.

Superados os objectivos, "vamos poder avançar com a nossa estratégia e processo de internacionalização, que começará no Reino Unido, bem como desenvolver novos produtos", detalha o fundador e CEO, João Gouveia.

A startup dedica-se à produção de sumos naturais, que não precisam de aditivos para se conservarem uma vez que recorrem a outro método, a criogenia alimentar. Nasceu em 2017 para "trazer conveniência sem qualquer compromisso nutricional a um mercado crescente de consumidores que procuram estilos de vida mais saudáveis", explica ainda o CEO.

pub