Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Seis mil compradores de tecidos e moda "aterram" no Sá Carneiro

O Modtíssimo volta ao piso 3 do aeroporto entre 15 e 16 de Fevereiro. Expositores de tecidos, confeccionadores e marcas de vestuário mostram perto de 400 colecções aos visitantes nacionais e estrangeiros.

António Larguesa alarguesa@negocios.pt 13 de Fevereiro de 2017 às 12:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O Modtíssimo, que se apresenta como o "único salão da fileira têxtil nacional", arranca esta quarta-feira, 15 de Fevereiro, no aeroporto Francisco Sá Carneiro. É a segunda vez que este evento, que se prolonga por dois dias, ocupa o piso 3 (das partidas), depois da experiência "pioneira em todo o mundo", há um ano, de organizar uma feira numa infra-estrutura aeroportuária em funcionamento.

 

Segundo disse ao Negócios fonte da organização, esta 49.ª edição vai receber cerca de seis mil visitantes, compostos por compradores nacionais e internacionais, que vêm à Maia para conhecer perto de 400 colecções apresentadas por expositores de tecidos e acessórios para confecção e por marcas de vestuário e confecção "private label", do segmento infantil à lingerie.

 

Aliás, nesta edição, que conta com um amplo programa de seminários e apresentações de tendências no auditório do aeroporto, a maior novidade é mesmo a aposta no subsector da moda infantil. Representado na feira por 18 marcas expositoras, este segmento terá um espaço designado "Mini-Mi Porto Fashion Week", que incluirá desfiles de moda de crianças.

 

Em 2016, as exportações da indústria têxtil e de vestuário portuguesa superaram a barreira dos 5.000 milhões de euros, fechando o ano com um crescimento homólogo a rondar os 5%, e quase tocando o pico das vendas ao exterior (5.073 milhões de euros), obtido no já longínquo ano de 2001, agora com quase metade das empresas e dos trabalhadores.

O Modtíssimo é organizado pela Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (ATP), pela Associação Nacional dos Industriais de Lanifícios (ANIL) e pela Selectiva Moda, o "braço" do sector para a internacionalização, liderada por Manuel Serrão. Em paralelo, pela nona vez acontece a Porto Fashion Week, com uma série de acções paralelas, como o Fashion District, o concurso de fotografia Fashion People, o Fashion Film Festival e o Porto Fashion Week’s Night Out.

 

Com realização bianual, este salão arrancou em 1992 como uma exposição de tecidos estrangeiros. De um hotel de Espinho passou logo na terceira edição para a Exponor, em Matosinhos, alargando o âmbito a expositores de tecidos portugueses e, mais tarde, a confeccionadores e aos têxteis técnicos.

Desde a 27.ª edição que tem a Alfândega do Porto como "casa mãe", embora tenha já realizado edições especiais noutros locais, como o hotel Sheraton e agora o aeroporto que serve a região Norte, que em 2016 atingiu, pela primeira vez, os nove milhões de passageiros.

Ver comentários
Saber mais Indústria têxtil moda tecidos compradores Modtíssimo feira aeroporto Porto exportações
Mais lidas
Outras Notícias