Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Empresa portuguesa com negócio em Hollywood é primeiro investimento da Indico

A Sound Particles recebeu 400 mil euros. Um dos investidores foi o novo fundo da Indico Partners, capital de risco de Stephan Morais e Cristina Fonseca.

Negócios 25 de Janeiro de 2019 às 10:17
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Indico Capital Partners, sociedade de capital de risco portuguesa que recentemente anunciou ter um fundo disponível de 46 milhões de euros, já fez o seu primeiro investimento. E escolheu a Sound Particles, empresa portuguesa de software áudio 3D, que trabalha para estúdios de Hollywood. 

O financiamento de 400 mil euros foi liderado pela Indico, tendo sido realizado em conjunto com a REDAngels. Em comunicado, a Indico salienta que esta injeção de capital "vai permitir à empresa concluir a sua transição para um modelo de negócio SaaS (Software as a Service) e começar a preparar a abordagem aos grandes mercados de videojogos e da realidade virtual".

A Sound Particles desenvolveu o Doppler+Air, produto que foi nomeado para os prémios da Cinema Audio Society (Associação de misturadores de som de Hollywood), na categoria de "Outstanding Product". A cerimónia de entrega de prémios vai decorrer a 16 de fevereiro em Los Angeles. A Sound Particles foi ainda finalista dos prémios científicos dos Óscares em 2018.

O software da empresa foi utilizado em mais de 40 filmes norte-americanos como o Aquaman, Carros 3, Batman versus SuperHomem, A Múmia, Wonder Woman, Liga da Justiça, Ready Player One ou Dia da Independência 2.

 

Lançado pela Indico Capital Partners, o Indico Capital Partners VC I é um fundo gerido por Stephan Morais (ex-administrador executivo da Caixa Capital), Ricardo Torgal (ex-gestor de investimentos na Caixa Capital) e por Cristina Fonseca (co-fundadora e acionista da Talkdesk).

 

Ver comentários
Saber mais Indico Sound Particles
Mais lidas
Outras Notícias