Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bezos anda a vender acções da Amazon para financiar sonho de levar pessoas para o espaço

Jeff Bezos é o líder da Amazon, mas há muito que o seu sonho é colocar pessoas no espaço. Para isso, criou a Blue Origin que está a trabalhar no desenvolvimento deste objectivo e que tem sido financiada pela venda de acções da Amazon.

5º -  Jeff Bezos, Amazon.com, EUA. Fortuna de 45,2 mil milhões de dólares
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Jeff Bezos é conhecido por ser o líder da Amazon, a gigante do comércio electrónico. O seu sonho de juventude contudo não era bem esse. Estava relacionado com o empreendedorismo aeroespacial. Ainda que a sua vida não tenha ido nessa direcção: em 2000, Bezos fundou a Blue Origin, a empresa que trabalha para colocar pessoas no espaço. E o financiamento dessa empresa é feito sobretudo através da venda de acções da Amazon, também fundada e liderada pelo próprio Jeff Bezos. Nas últimas horas, Bezos adiantou que tem vindo a vender cerca de mil milhões de dólares em acções, por ano, da gigante do comércio electrónico.

"O meu modelo de negócio para a Blue Origin é vender cerca de mil milhões [de dólares] em acções da Amazon, por ano, que [depois] uso para a financiar", disse esta quarta-feira, 5 de Abril, Jeff Bezos num simpósio sobre o espaço, no Colorado. "Assim, o modelo de negócio da Blue Origin é muito robusto".

O fundador e CEO da Amazon já tinha revelado no passado que reinvestia o dinheiro que recebia na gigante do comércio electrónico naquela empresa mas não tinha detalhado o montante.

A Blue Origin planeia usar uma cápsula para levar turistas ao espaço dentro de dois anos. "O meu objectivo é pessoas no espaço", disse. "Quero humanos no espaço".


Um sonho desde miúdo


Jeff Bezos, em cri­ança, ia para a garagem "bisbilhotar" as entranhas dos equipamentos, para ver como funcionavam, segundo relata a Bio­gra­phy. Cedo percebeu a sua vocação. Licenciou-se em ciências da computação e engenharia eléctrica em Princeton, em 1986, com distinção.

Aplicar os conhecimentos nu­ma actividade própria ainda demoraria, apesar de no liceu, e depois do que considerou ser um Verão miserável a trabalhar no McDonald’s, ter criado o primeiro negócio: o Dream Institute era um campo de Verão para adolescentes. 

Apesar da iniciativa, em miúdo sonhava ser, segundo o Business Insider, um empreendedor ligado ao aeroespacial. Em 2000 nasceu a Blue Origin. Blue pelo planeta azul, que é a terra, e Origin pela origem. Um grande passo para a humanidade? Bezos não tem dúvida de que pelo menos a si a Blue Origin tem potencial para o interessar mais do que aquele pelo qual é conhecido, vender coisas.

O espaço era o sonho. As finanças foram o começo. Depois de licenciado, Jeff Bezos terá recusado ofertas de trabalho na Intel ou na Bell Labs. Preferiu juntar-se à start-up Fitel, que queria construir uma ambiciosa operadora de telecomunicações para corretoras.

A empresa não cresceu. Bezos mudou. Passou pela Bankers Trust até ser contratado para o "hedge fund" D. E. Shaw. Em quatro anos chegou a vice-presidente. Esta passagem mudou a sua vida. Pediram-lhe para estudar novos negócios na internet. E conheceu a mulher com quem viria a casar.

Mas decidiu sair. A internet estava a crescer muito e percebeu que não podia perder a oportunidade. Fez uma lista de 20 produtos que podia vender online. Os livros eram a sua melhor hipótese. Seattle era o seu destino. Foi o início da Amazom.com. Cada vez que alguém fazia uma compra tocava uma campainha, que teve de ser desligada passado poucas semanas. No primeiro mês, vendeu livros em todos os Estados Unidos e em 45 países. Teve de sair da garagem.

E em 1997 fez a sua entrada em bolsa. Não foi apagada pela bolha das "dotcom" e foi crescendo. Hoje, com 53 anos, a sua fortuna está avaliada em mais de 75,6 mil milhões de dólares (a 30 de Março de 2017 a sua fortuna subiu para 75,6 mil milhões de dólares beneficiando da subida das acções da Amazon, de acordo com a CNBC). A Amazon tem uma capitalização superior a 433 mil milhões de dólares. Desde o início do ano, os títulos da Amazon já escalaram 21,26%.

Ver comentários
Saber mais Bankers Trust Blue Origin Jeff Bezos Amazon
Mais lidas
Outras Notícias