Aviação Trabalhadores vão poder comprar acções da TAP a 10,38 euros

Trabalhadores vão poder comprar acções da TAP a 10,38 euros

O Governo aprovou esta terça-feira a resolução do Conselho de Ministros que lança a oferta pública de venda de 5% da TAP a trabalhadores.
Trabalhadores vão poder comprar acções da TAP a 10,38 euros
Bruno Simão/Negócios
Maria João Babo 22 de março de 2017 às 12:03

O secretário de Estado das Infra-estruturas explicou esta quarta-feira aos jornalistas que os 5% do capital correspondem a 75 mil acções, que serão vendidas com um desconto de 5% face ao valor da privatização.

Desta forma, os trabalhadores poderão adquirir acções da companhia aérea por 10,38 euros, tendo em conta que o valor da privatização foi de 10,93 euros.

De acordo com Guilherme d'Oliveira Martins, podem adquirir estas acções os trabalhadores da TAP SGPS com vínculo laboral superior a três anos, assim como os trabalhadores de outras oito empresas do universo TAP. É o caso da TAP SA, da Cateringpor, da Lojas Francas de Portugal, da Megasis, da SPdH, da Portugália, Tapger e UCS - Cuidados Integradora de Saúde.

 

O prazo da oferta será de 20 dias úteis, que começam a contar a partir do momento em que a CMVM emitir o documento informativo, explicou o secretário de Estado. 

Guilherme d'Oliveira Martins afirmou que a expectativa do Governo é que a adesão dos trabalhadores da TAP à oferta pública de venda (OPV) seja um sucesso, sendo que, explicou, se a procura for superior à oferta, haverá critérios de rateio.

O governante explicou ainda que não há limite máximo para o número de acções a deter por tabalhador.


(Notícia actualizada às 13:37)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI