Transportes Chineses da CRRC ganham fornecimento de comboios ao Metro do Porto por 50 milhões

Chineses da CRRC ganham fornecimento de comboios ao Metro do Porto por 50 milhões

Os chineses da CRRC Tangsthan ganharam o concurso internacional para o fornecimento de 18 comboios ao Metro do Porto, num contrato no valor de 49,6 milhões de euros. O grupo chinês superou a concorrência da Skoda Transportation.
Negócios 13 de dezembro de 2019 às 17:01
Os chineses da CRRC Tangsthan ganharam o concurso internacional para o fornecimento de 18 comboios ao Metro do Porto, num contrato no valor de 49,6 milhões de euros, anunciou esta sexta-feira a empresa.

O concurso público internacional foi lançado em dezembro do ano passado e tinha um valor de referência de 56,1 milhões de euros. Foram apresentadas propostas pelo grupo chinês e pela Skoda Transportation, que foram avaliadas nos critérios preço, a valia técnica e design (incluindo este ponto aspetos como capacidade, conforto e acessibilidade). Além do fornecimento das composições, o concurso inclui a manutenção das unidades durante cinco anos.

O investimento no valor global de 49,6 milhões de euros é totalmente financiado pelo Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente e a Metro do Porto destaca que o valor do contrato representa uma redução de 6,5 milhões de euros face ao investimento inicialmente previsto. 

A empresa pretende que as novas composições comecem a ser entregues em 2021, ao ritmo de um veículo por mês. "Tendo em conta o aumento da procura que o sistema tem vindo a registar de forma muito consolidada ao longo dos últimos meses, procurar-se-á contar com algumas das novas unidades – uma vez produzidas de acordo com as exigentes especificações do Metro do Porto e devidamente testadas no terreno -, durante o segundo semestre de 2021", detalha o comunicado.

A empresa de transportes público refere que os novos veículos terão uma lotação de 252 lugares, 64 dos quais sentados, e que as composições terão duas cabines e funcionar em modo bidirecional.

A operação permite à Metro do Porto elevar a sua frota das atuais 102 unidades, todas fornecidas pela Bombardier, para 120 composições.


(notícia corrigida às 00:02 de 14 de dezembro, uma vez que a Siemens Mobility não apresentou proposta neste concurso)




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI