Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Viseu lança “provocação positiva” para promover turismo interno

A cidade do centro de Portugal define 2017 como o “ano oficial para visitar Viseu”. Também a população está a ser envolvida, com formação de 200 voluntários como guias e “contadores de histórias”.

Sé Catedral de Viseu: A base arquitectónica da Catedral remonta aos séculos XIII-XIV, em estilo Românico-Gótico: Mas arrastou-se a construção por vários séculos. Na antiga Torre do Cartório, hoje designada Torre do Relógio, pode ler-se o vocabulário românico. A outra torre, a dos Sinos, foi reedificada, já que a original ruiu num temporal em 1635, altura em que também o frontispício manuelino soçobrou. Segundo as informações disponibilizadas pela autarquia viseense, o corpo central da Sé Catedral passou, então, a ter assinatura do arquitecto João Moreno, nome ligado a Salamanca. Adjacente à Torre dos Sinos encontra-se o Museu de Grão Vasco, o antigo Paço dos Três Escalões, onde se pode ver um conjunto de pinturas de retábulo proveniente da Catedral e de igrejas da região, da autoria de Vasco Fernandes, o Grão Vasco.
Bruno simão
Wilson Ledo wilsonledo@negocios.pt 17 de Janeiro de 2017 às 16:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Viseu será a primeira cidade nacional convidada da BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, feira que decorrerá de 15 a 18 de Março.

Aproveitando este mote, a cidade do centro de Portugal lança uma "provocação positiva" para aumentar o seu número de visitantes e classifica 2017 como "ano oficial para visitar Viseu".

O anúncio foi feito esta terça-feira, 17 de Janeiro, por António Almeida Henriques, presidente da Câmara Municipal de Viseu.

A cultura vinhateira aliada aos 2.500 anos de história da cidade são dois dos elementos de uma oferta "diversificada" que Viseu diz ter para oferecer. "Temos mais anos que a Muralha de China", brinca.


Nesse sentido, está a ser lançado um programa de formação de 200 voluntários que funcionarão como anfitriões. Os estudantes e a população sénior são os principais alvos deste programa que quer colocar as suas gentes a "contar uma boa história sobre Viseu".


"Estas cidades médias podem constituir-se como destinos alternativos e complementares", lembrou o autarca num encontro com jornalistas. Viseu conta com 1.700 camas e é a cidade na região centro de Portugal com a maior concentração de hotéis de cinco estrelas.


No ano de 2016, as dormidas aproximaram-se dos 170 mil. A vontade é de continuar a crescer a dois dígitos, depois de uma subida superior a 10% nos últimos dois anos neste indicador. O foco do novo programa é o mercado interno, que cresce também a este ritmo.


Pedro Machado, presidente do Turismo do Centro, lembra que muito do discurso político e institucional se tem focado na "necessidade de desconcentrar o fluxo turístico". É importante que se dêem passos nesse sentido", apelou.


Viseu conta com um mercado potencial de seis milhões de turistas se considerada a região Centro e a sua proximidade a Lisboa, Porto e às regiões espanholas de Castilha e Extremadura, apontou Pedro Machado. 

Ver comentários
Saber mais Viseu BTL Lisboa António Almeida Henriques Pedro Machado Centro presidente do Turismo do Centro economia negócios e finanças turismo política autoridades locais
Mais lidas
Outras Notícias