Bolsa Euronext continua disponível para comprar Clearnet apesar de recusa de Londres

Euronext continua disponível para comprar Clearnet apesar de recusa de Londres

Após o chumbo à fusão entre a Deutsche Börse e a London Stock Exchange, a Euronext reitera que continua como “potencial comprador” da LCH.Clearnet, apesar da “recusa do grupo LSE e do grupo LCH em debaterem a conclusão da venda”.
Euronext continua disponível para comprar Clearnet apesar de recusa de Londres
Bloomberg
Ana Laranjeiro 03 de abril de 2017 às 08:29

A Euronext continua interessada na aquisição da LCH.Clearnet, uma casa de compensação e liquidação, mesmo depois de, na semana passada, a Comissão Europeia ter chumbado a fusão entre a Deutsche Börse e a London Stock Exchange (LSE) por considerar que esta operação criaria um monopólio nos mercados de compensação de instrumentos de renda fixa.

"A 3 de Janeiro de 2017, a Euronext anunciou que lhe foi concedida a exclusividade para a compra de 100% do capital social e dos direitos de voto da LCH.Clearnet SA ("Clearnet"), dependente do término da fusão entre a Deutsche Börse AG e o grupo LSE. A Euronext comunicou à gestão e ao conselho de administração, tanto do grupo LSE como ao grupo LCH, que a transacção continua a ser uma prioridade estratégica da Euronext e que a Euronext vai continuar a ser um potencial comprador da Clearnet, independentemente do desfecho da fusão entre o grupo LSE e o Deutsche Börse AG, nas condições acordadas", pode ler-se no comunicado da Euronext, disponível no site da CMVM.

A 29 de Março, dia em que foi conhecido o chumbo de Bruxelas, o grupo LCH ter alegado que o fim da fusão como o motivo para que a venda da Clearnet, no valor de 510 milhões de euros, fosse cancelada, de acordo com a Bloomberg. No dia seguinte, o CEO da Euronext revelou à imprensa, de acordo com a agência, que London Stock Exchange não ia vender a unidade à Euronext.

Em comunicado, a Euronext adianta que após a proibição da fusão "e a recusa do grupo LSE e do grupo LCH em debaterem a conclusão da venda acordada da Clearnet, a Euronext está agora obrigada a assegurar que os seus clientes obtêm as melhores, as mais rentáveis e competitivas soluções de compensação para além de 31 de Dezembro de 2018, altura em que o actual acordo de serviços de compensação com a Clearnet caduca".

A 20 de Dezembro surgiu a notícia que a Euronext estava em negociações exclusivas com a London Stock Exchange para a compra da filial do LCH Group, a antiga Clearnet, uma casa de compensação e liquidação actualmente designada de LCH SA.

No comunicado, a gestora nomeadamente da bolsa nacional anuncia que assinou com a ICE Clear Netherlands, subsidiária da Intercontinental Exchange (NYSE: ICE), os termos vinculativos para que esta empresa forneça serviços de compensação para os mercados de derivados financeiros e de matéria-primas da Euronext.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI