Mercados PSI-20 no vermelho com Jerónimo a cair quase 2%

PSI-20 no vermelho com Jerónimo a cair quase 2%

A bolsa nacional ficou pelo terreno negativo, em contraste com o cenário europeu. Entre as cotadas que mais pesaram no desempenho do PSI-20 liderou a Jerónimo Martins, ao perder quase 2%.
PSI-20 no vermelho com Jerónimo a cair quase 2%
Miguel Baltazar/Negócios
Ana Batalha Oliveira 29 de abril de 2019 às 16:43
A bolsa nacional fechou em queda, com o PSI-20 a ceder 0,49% para os 5.393,52 pontos, depois de ter fechado a última sessão com uma valorização superior a 1%. Foram 12 as cotadas a descer contra seis a subir.

O sentimento na praça lisboeta contrasta com o vivido na restante Europa. As bolsas do Velho Continente seguem na generalidade no verde, depois de na sexta-feira ter sido revelado o crescimento da economia dos Estados Unidos, números que surpreenderam pela positiva.

O principal índice espanhol, o IBEX 35, termina a sessão ligeiramente acima da linha de água  depois de o PSOE ter vencido as eleições sem maioria, o que o obrigará a fazer alianças à esquerda ou à direita para governar.

Por cá, a Jerónimo Martins foi o "peso pesado" que mais prejudicou o desempenho do índice. A retalhista cedeu 1,99% para os 14,50 euros, corrigindo da elevada subida de 6,59% da última sessão. Na sexta-feira, 26 de abril, a empresa divulgou um resultado líquido de 72 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano, um valor que ficou ligeiramente abaixo do esperado pelos analistas e correspondeu a uma queda de 14,5% face ao período homólogo. Contudo, chegou a valorizar 8,79% para 15,10 euros, o que correspondeu ao valor mais elevado desde março do ano passado.

A arrastar o índice para o terreno negativo estiveram também as papeleiras Altri e Semapa, que ocupam os restantes dois lugares do "pódio das perdas", por esta ordem. A Altri cedeu 1,67% para os 7,07 euros e a Semapa caiu 1,48% para os 14,64 euros.

A contrariar a tendência descendente esteve o BCP, que terminou a cotar nos 24,96 cêntimos na sequência de uma subida de 0,48%.

(Notícia atualizada às 16:48)


 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI