Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Wall Street recupera de mínimos de três semanas

Após dois dias em queda, os mercados norte-americanos regressam aos ganhos animados pela forte subida do preço do petróleo.

Bloomberg
Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 05 de Maio de 2016 às 14:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Wall Street iniciou a sessão desta quinta-feira em terreno positivo. As bolsas norte-americanos recuperam assim de dois dias em queda que levaram os índices para mínimos de três semanas. Os maus dados económicos estão a ser "ofuscados" pela forte subida do preço do petróleo nos mercados internacionais. 

O Dow Jones iniciou o dia a ganhar 0,21% para 17.688,11 pontos, o Nasdaq sobe 0,18% para 4.734,234 pontos e o S&P500 avança 0,3% para 2.056,33 pontos. 

À semelhança das congéneres europeias, as bolsas dos Estados Unidos beneficiam esta quinta-feira dos ganhos acentuados do preço do WTI e do barril de Brent. A queda da produção no mercado norte-americano levou o preço da matéria-prima para 45,62 os dólares nos Estados Unidos e para os 46,37 dólares em Londres, mercado que serve de referência às importações europeias.

Dados divulgados esta quarta-feira, 4 de Maio, mostram que a produção de crude caiu em 113 mil barris diários para um total de 8,83 milhões por dia, o valor mais baixo desde Setembro de 2014. Trata-se da maior queda semanal desde Agosto de 2015.

A influenciar positivamente o desempenho dos mercados estão também os resultados da Tesla e da Alibaba. A Tesla revelou prejuízos de 282 milhões de dólares mas estes foram inferiores ao esperado pelos analistas. Além disso o CEO Elon Musk revelou que o objectivo da empresa é produzir 500 mil carros em 2018, uma meta originalmente planeada para 2020. No final da década, a produção anual poderá atingir um milhão de veículos. As acções da Tesla iniciaram o dia a ganhar 2,65% para 228,46 dólares.

Já a Alibaba revelou que as vendas aumentaram em 39% para 24,2 mil milhões de yuan (3,2 mil milhões de euros) nos três meses terminados em Março. Os analistas consultados pela Bloomberg antecipavam receitas de 23,2 milhões. Já os lucros ajustados por acção atingiram os 3,02 yuan, face aos 3,52 yuan antecipados pelo mercado.

As acções da Yahoo, que detém uma participação na Alibaba, estão a reagir a estes resultados com uma valorização de 2,93% para 37,0535 dólares.

Antes da abertura dos mercados bolsistas norte-amercicanos foi conhecido que os pedidos de subsídio de desemprego no país aumentaram em 17 mil para o valor mais alto em cinco semanas. Foi a maior subida desde Fevereiro de 2015.
Ver comentários
Saber mais Wall Street bolsas Dow Jones S&P 500 Nasdaq Estados Unidos
Outras Notícias