Os países mais e menos corruptos do mundo

Portugal mantém-se abaixo da média da UE no índice de percepção da corrupção no sector público. Angola deixou de ser o país lusófono mais corrupto em 2017 e a troika melhorou a reputação da Grécia. Veja a fotogaleria.
180º Somália: IPC 9
PHIL MOORE
179º Sudão do Sul: IPC 12
OMAR SANADIKI
178º Síria: IPC 14
177º Afeganistão: IPC 15
175º Iémen: IPC 16
175º Sudão: IPC 16
171º Líbia: IPC 17
171º Guiné Bissau: IPC 17
171º Guiné Equatorial: IPC 17
171º Coreia do Norte: IPC 17
167º Angola: IPC 19
153º Moçambique: IPC 25
Sergio Moraes
96º Brasil: IPC 37
91º Timor Leste: IPC 38
David Stanley
64º São Tomé e Príncipe: IPC 46
48º Cabo Verde: IPC 55
Mário Proença
29º Portugal: IPC 82
SUZANNE PLUNKETT
8º Reino Unido: IPC 82
JOCK FISTICK
8º Holanda: IPC 82
8º Luxemburgo: IPC 82
8º Canadá: IPC 82
Casper Hedberg
6º Suécia: IPC 84
RamirBorja
6º Singapura: IPC 84
Gianluca Colla
3º Suíça: IPC 85
Tomm W. Christiansen
3º Noruega: IPC 85
Ville Mannikko
3º Finlândia: IPC 85
Linus Hook
2º Dinamarca: IPC 88
Brendon O'Hagan
1º Nova Zelândia: IPC 89
pub
jng@negocios.pt 21 de fevereiro de 2018 às 18:00

pub