Outros sites Cofina
Notícia

Jorge Gabriel: Americanos não toleram o incumprimento

Jorge Gabriel aconselha as empresas e espera para ver efeito Trump no comércio.

António Larguesa alarguesa@negocios.pt 24 de Janeiro de 2017 às 12:16
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Jorge Gabriel

Administrador da FLAD - Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento


Quais os obstáculos que as jovens empresas portuguesas encontram nos EUA?

Obriga a uma proximidade constante, se não só conhecem o importador e não o consumidor final. E se não conhecem o cliente não é fácil ter uma estratégia de abordagem ao mercado. A distância é outra dificuldade: são várias horas de voo e isso acarreta custos. Mas a barreira maior é talvez a cultura. O mercado dos EUA não tolera o incumprimento, nem que seja na base da palavra.

E há margem para subir o investimento americano?
Há muitas empresas americanas com operações em Portugal - o reverso é menos verdadeiro. Esse caminho tem de ser feito, em ambos os sentidos. Temos dado a conhecer as condições para implementar negócios em Portugal e a embaixada dos EUA também fez um trabalho muito meritório.

O que espera da nova administração na Casa Branca?
As indicações [de Trump] na campanha iam no sentido de reduzir o fluxo de comércio com o exterior. São esses sinais que temos vindo a ver. Mas estou convicto que não vai criar barreiras à relação comercial entre Portugal e EUA, nem no investimento, que urge aumentar. É uma relação muito antiga, de confiança mútua. Seguramente não será beliscada.



Mais notícias