Outros sites Cofina
C-Studio
Mais informações

C•Studio é a marca que representa a área de Conteúdos Patrocinados do universo Cofina.
Aqui as marcas podem contar as suas histórias e experiências.

Notícia

Qualcomm: um forte compromisso com a Europa

Para a Qualcomm, a inovação e a colaboração europeias são fundamentais.

20 de Janeiro de 2022 às 10:46

Artigo escrito em português do Brasil por Cristiano Amon, CEO da Qualcomm



A Qualcomm sempre revelou um forte compromisso com a Europa. Ao procurar apoiar a autonomia estratégica aberta da Europa, tem expandido a sua atuação em Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), a capacidade de produção e as iniciativas locais de fomento à inovação em todo o continente. Queremos que o próximo ciclo de criação e inovação sem fios beneficie todos os setores da economia europeia.


Desde o início, as operações da Qualcomm possuem alicerces sólidos na Europa. Hoje, os nossos engenheiros europeus trabalham em P&D para 5G/6G, Inteligência Artificial (IA), automóveis e na criação e produção de chipsets. A Qualcomm está empenhada em aumentar as suas relações de longa data com operadores de redes móveis e fabricantes de automóveis europeus e em desenvolver novas parcerias com empresas e organizações que pretendam alavancar o poder transformador da tecnologia e a extraordinária convergência do 5G, da IA e da computação de ponta.


Parcerias em Portugal


A Qualcomm estabeleceu parcerias com hospitais para conectar pacientes incapacitados a cuidadores e a entes queridos através de um software de conversão de texto em voz. As plataformas têm contribuído para a conclusão do primeiro teste laboratorial do país de uma conexão de dados 5G a um dispositivo experimental. Além disso, tem trabalhado bem próximo da Nanium, empresa que fornece soluções de embalagem de semicondutores e agora integra a Amkor Technology, sediada na cidade do Porto e um dos melhores clientes da Qualcomm.


Na visão da Qualcomm, tudo e todos estão conectados de forma inteligente. É com orgulho que temos assistido à adoção por Portugal da tecnologia em áreas tão diferentes como 5G, IoT (Internet of Things - Internet das Coisas) e automóveis conectados. É desejo da Qualcomm expandir essa conexão para novas áreas, como a Educação e as Cidades Inteligentes.


Liderança na revolução digital


Na Qualcomm, acreditamos que Portugal e a Europa irão desempenhar um papel de liderança na revolução digital e estamos orgulhosos por ter contribuído há tantos anos para isso acontecer. Estamos particularmente agradecidos aos visionários líderes políticos pela colaboração com a Qualcomm. Nos últimos anos, temos também defendido parcerias transatlânticas e apoiado convictamente o Conselho de Comércio e Tecnologia, parceria entre EUA e União Europeia que acreditamos irá impulsionar o desenvolvimento e a cooperação tecnológica.


Impacto do 5G


O 5G é uma tecnologia-chave na revolução digital. Com efeito, as estimativas dos benefícios econômicos do 5G na Europa e em todo o mundo, nos próximos anos, continuam a crescer. Um estudo recente apurou que as redes 5G irão sustentar uma vasta gama de setores industriais, criando dessa forma uma "plataforma de inovação aberta", que estima-se poder gerar 210 biliões de euros em benefícios exclusivamente resultantes do investimento em infraestruturas na Europa. O maior impacto será na produção e logística inteligente, nos serviços públicos, nas zonas rurais e nas cidades inteligentes.


Segundo o relatório da Accenture, o 5G tem o potencial de criar ou transformar até 20 milhões de empregos e os efeitos multiplicadores serão sentidos em todos os setores.

Com a rápida expansão do 5G, os dispositivos inteligentes conectados estão alimentando a transformação digital de todas as indústrias, especialmente a automotiva. Os veículos conectados ao 5G ajudarão a reduzir os acidentes e facilitarão os deslocamentos, permitindo que os automóveis se comuniquem instantaneamente uns com os outros, com a infraestrutura rodoviária, veículos de emergência, bicicletas e até mesmo com pedestres. O 5G contribuirá ainda para a descarbonização do setor de transportes, inaugurando uma nova era de veículos inteligentes.


O 5G atua igualmente como promotor de sustentabilidade: promove uma produção e uma agricultura mais inteligentes, sistemas mais eficientes de água e de serviços públicos, bem como o acesso a conteúdos e outras oportunidades futuras.


Futuro mais sustentável


A indústria sem fios oferece hoje formas inovadoras de maximizar o desempenho dos dispositivos de conectividade móvel e reduzir a energia que eles utilizam. A Qualcomm tem trabalhado nesse sentido: as plataformas Snapdragon, por exemplo, são líderes do segmento em otimização de consumo de energia, permitindo uma maior duração da bateria e aumentando o tempo de utilização do dispositivo. A Qualcomm está empenhada em construir um futuro mais sustentável por meio da tecnologia de ponta de que dispõe e da melhoria dos processos internos. Para isso, anunciámos recentemente os planos para atingir emissões globais líquidas zero até 2040 e comprometemo-nos com a iniciativa Science Based Targets (SBTi).


A Qualcomm acredita na tecnologia para realizar o potencial das pessoas e enfrentar os desafios da sociedade.

Outro objetivo-chave da Qualcomm é promover a educação nas áreas da Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática (STEM, do acrónimo inglês Science, Technology, Engineering and Mathematics), e o acesso ao ensino à distância para estudantes de todos os níveis e origens. A Qualcomm procura enfrentar as desigualdades nas oportunidades educacionais que a pandemia agravou de forma dramática. Estamos comprometidos em criar salas de aula digitais e acreditamos que Portugal e a Europa devem tirar o máximo proveito dessa tecnologia, ampliando o acesso e promovendo a melhoria da conectividade de estudantes e professores. Sinal desse compromisso é a adesão à Coligação Global da Educação da UNESCO.


A Qualcomm acredita na tecnologia como meio de realizar o potencial das pessoas e enfrentar os desafios da sociedade. É essa a visão que nos motiva: fazemos votos de poder estreitar os laços com Portugal para que possamos caminhar juntos.


(Artigo escrito em português do Brasil por Cristiano Amon, CEO da Qualcomm)