Comunicados de Imprensa  CFOs reúnem-se em fórum dedicado à comunidade financeira portuguesa

CFOs reúnem-se em fórum dedicado à comunidade financeira portuguesa

O CFO 360 Finance Forum reuniu a comunidade financeira das empresas portuguesas,com cerca de 400 profissionais presentes.
Comunicados de Imprensa 25 de novembro de 2019 às 15:56
Foram cerca de 400 os participantes naquele que foi o primeiro grande evento totalmente dedicado à comunidade financeira das empresas portuguesas, realizado no passado dia 21 de novembro, em Lisboa. Nomes de peso entre a audiência e o painel de oradores, de organizações tão importantes como a Deloitte Portugal, a Altice, o BBVA, o Bankinter, entre muitos outros.

Abordar as tendências e as alternativas para responder aos desafios que enfrentam os profissionais financeiros foi o desafio proposto e prontamente aceite pela comunidade financeira, interessada em saber como pode estar mais bem preparada para os ciclos da economia, e como podem tornar as suas empresas financeiramente mais competitivas.

A este CFO 360 - Finance Forum, promovido pela Axesor Portugal, consultora de referência na gestão do risco de crédito, acorreram diretores financeiros, controllers, credit managers, contabilistas, tesoureiros, responsáveis de cobranças, analistas, CEOs e Administradores, entre outros perfis financeiros. E todos com a partilha de conhecimentos em mente, bem como com a expectativa de ouvir da boca de alguns dos principais gestores e especialistas do sector financeiro conselhos e pistas sobre o caminho a seguir.

Foram muitos e diversificados os temas em cima da mesa, com um fio condutor comum: dar respostas a questões e desafios tão pertinentes como a gestão do risco de crédito, a gestão de tesouraria, o financiamento, a gestão das cobranças ou a segurança da informação.

A evolução do papel do CFO

Os Chief Financial Officers têm um papel cada vez mais fundamental nas decisões de investimento digital nas empresas e exercem, hoje, mais do que apenas uma função financeira, tendo também um papel importante na orientação dos investimentos digitais e na gestão dos seus resultados económicos.

Com efeito, uma mensagem constantemente transmitida ao longo das múltiplas intervenções do evento é a importância de os responsáveis financeiros das empresas conseguirem acompanhar a evolução tecnológica que marca hoje o ritmo do mercado onde se inserem, integrando nas suas estratégias e funções elementos que lhes permitam avaliar e agir com base em informações exatas e capacidades preditivas.

Paulo Costa, diretor-geral da Axesor, considera que "em Portugal é necessário combater a natural obsolescência de processos e ferramentas nos departamentos financeiros. Há que evoluir, melhorar, ser mais eficaz, minimizar o "fator erro" e otimizar os recursos das empresas, para assim tomar melhores decisões, mais rápido e em total segurança".

Desta forma, segundo o mesmo responsável, "os conteúdos da agenda deste evento foram pensados para contribuir com novas opções e novas abordagens, para dar resposta às questões com que se debatem estes profissionais no seu dia a dia".

Temas em palco: da ética financeira à inteligência artificial

A apresentação do CFO 360 - Finance Forum, que contou com a parceria estratégica da AIP e o apoio de empresas como a Primavera, Avanade, Axesor Rating, Microsoft, Metacase, Deloitte, LCG, Sendys Group, BBVA, Sigma Conso, Nucase, Grenke e Universidade Católica, esteve a cargo de Marta Leite de Castro, CEO da Project N360 e profissional reconhecida da RTP. O evento abriu com a intervenção de José Gomes Ferreira, diretor adjunto de Informação da SIC, que partilhou a sua visão sobre o que poderá vir aí, em termos de desafios para a economia nacional, nos próximos 10 anos, sublinhando a importância de saber detetar e analisar indicadores que apontem para novos períodos de crise.

Coube depois a Nelson Fontainhas, da Deloitte Portugal, identificar os principais desafios do CFO, seguindo-se Tiago Minchin, da Avanade Portugal, que dedicou a sua apresentação à Inteligência Artificial e à Transformação Digital.

Aliás, estes últimos temas foram uma constante ao longo de todo o dia, uma vez que ficou bem patente nas apresentações e debates, a importância crescente que a tecnologia está a assumir na gestão financeira das organizações e no próprio papel do CFO dentro das mesmas.

Com efeito, o dilema que se coloca às organizações são as vantagens inequívocas que estas temáticas trazem às organizações versus o preconceito das mesmas e a possibilidade de comprometer a segurança da informação. Este foi, como tal, um tema amplamente abordado em mais do que uma sessão do CFO 360 - Finance Forum. Foi esse também o caso de Javier Larraz Iribas, VP da Axesor, que sublinhou justamente, na sua intervenção, as vantagens da inteligência artificial num modelo de risco de crédito à medida.

Com uma agenda bastante completa, houve lugar a sessões dedicadas à segurança da informação, às tendências tecnológicas e financeiras, à gestão de fluxos financeiros, entre outros temas, bem como ainda dois painéis de discussão sobre "Gestão do risco" e sobre "Alternativas de financiamento" – tendo este último como protagonistas Luis Castro de Almeida, CEO BBVA Portugal, Joaquim Castro, Investment Banking Director no Bankinter, Adolfo Estévez Beneyto Managing Director na Axesor Rating ou ainda António Júlio Jorge, Partner da Deloitte Portugal.

Um dos pontos altos do CFO 360 - Finance Forum foi a presença do professor catedrático João César das Neves, cuja apresentação se centrou na ética financeira. Dando exemplos sobre comportamentos pouco éticos que conduziram – ou pelo menos contribuíram – para crises passadas e difíceis de ultrapassar, o reputado professor catedrático identificou a ética como elemento central nas finanças. "Isto é algo em que todos estão de acordo, mesmo aqueles que a violam abertamente. Para compreender este paradoxo é preciso analisar os vários níveis de relação que existem entre a atividade financeira e a ética, alguns deles aparentemente contraditórios", referiu.

A fechar o fórum, uma mensagem de superação, transmitida por João Garcia, o conhecido alpinista português transmitiu a todos três ideias fulcrais: a importância de aprender com os erros, nunca desistir dos sonhos e trabalhar muito para atingir os objetivos estabelecidos.



Marketing Automation certified by E-GOI