Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Marcelo defende que continuidade do acesso à agua é "responsabilidade todos"

"Num momento em que a seca e a falta de água preocupam tantos portugueses, o Presidente da República relembra a importância deste Dia Nacional da Água, que marca o início do ano hidrológico", refere uma nota publicada no “site” da Presidência.

Estela Silva/Lusa
Lusa 01 de Outubro de 2022 às 10:28
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

O Presidente da República defendeu hoje, a propósito do Dia Nacional da Água, que garantir a continuidade do acesso e a sustentabilidade dos recursos hídricos é "responsabilidade de todos", e alertou para a necessidade de uma "gestão mais eficiente".

 

"Num momento em que a seca e a falta de água preocupam tantos portugueses, o Presidente da República relembra a importância deste Dia Nacional da Água, que marca o início do ano hidrológico", refere uma nota publicada no "site" da Presidência.

 

Marcelo Rebelo de Sousa considera que, "para garantir um equilíbrio e otimização dos usos partilhados e a coordenação entre os diferentes utilizadores, é necessária uma gestão mais eficiente, uma redução das suas perdas e desperdícios, aumentando a reutilização e a circularidade da água, fomentando a diversificação das origens de água, um aumento das capacidades de armazenamento, melhorando infraestruturas e aprofundando o conhecimento, a inovação e o desenvolvimento tecnológico".

 

"Assegurar a continuidade do acesso à água e a sustentabilidade dos recursos hídricos para as gerações futuras são grandes desafios que temos de ultrapassar enquanto sociedade, sendo um imperativo e uma responsabilidade de todos, governos, municípios, organizações, empresas, e todos nós enquanto cidadãos, assumir este compromisso", defende o Presidente da República.

 

Na nota, o chefe de Estado salienta que "a água é um recurso vital à vida e à preservação dos ecossistemas e da biodiversidade, fundamental para diversas atividades económicas como a agricultura, a indústria, a produção de energia hidroelétrica ou o turismo".

 

E alerta que "as reservas hídricas atingem o seu mínimo, resultado de o período chuvoso mais irregular, consequência das alterações climáticas, com a mudança da estabilidade histórica deste ciclo e a ocorrência de cada vez mais fenómenos extremos que já se manifestam por todo o mundo" e também em Portugal.

 

O Dia Nacional da Água assinala-se anualmente em 01 de outubro desde 1983 para sensibilizar para a importância do recurso e para o seu uso mais eficiente. Este ano acontece quando Portugal atravessa um dos maiores períodos de seca de que há registo. O primeiro dia de outubro coincide com o início do ano hidrológico, a época em que por norma as reservas hídricas estão no mínimo e que começa o período de chuvas.

Ver comentários
Saber mais marcelo rebelo de sousa dia nacional da água
Outras Notícias