Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BBVA estima menor crescimento da economia no segundo trimestre

Há uma "tendência negativa nas previsões de crescimento de 2016 e 2017", diz o BBVA, que manteve a previsão no global do ano, mas cortou a estimativa para o segundo trimestre deste ano.

Bloomberg
Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 26 de Julho de 2016 às 12:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • 8
  • ...

No primeiro trimestre a economia portuguesa tinha crescido 0,2% quando comparado com o trimestre anterior, o que ficou aquém das previsões do BBVA, que apontava para um crescimento do PIB na ordem dos 0,3%. Os indicadores conhecidos até agora, "apontam para uma estabilização do crescimento em 0,2%" no segundo trimestre, revela o banco numa nota de análise publicada esta terça-feira, 26 de Julho. Número que contrasta com a previsão de Maio, quando o BBVA antecipava um crescimento económico de 0,4%.

 

Apesar desta redução de estimativas, o banco mantém a previsão de crescimento do produto interno bruto (PIB) de Portugal para este ano e para 2017. Assim, tal como previsto em Maio, o banco antecipa que a economia portuguesa cresça 1,4% este ano e 1,6% no próximo.

A nota, assinada pelo economista Antonio Marín, realça que "a menor actividade no primeiro semestre e a incerteza geram uma tendência negativa nas previsões de crescimento de 2016 e 2017."

A contribuir para esta "tendência negativa nas previsões" estão vários factores. Para começar, o facto de o ritmo de recuperação económico no primeiro semestre do ano ter sido "estável mas moderado", o que "contrasta negativamente com a tendência de ligeira aceleração que se previa para a economia portuguesa."


Além deste factor, ainda não se consegue antever o impacto do resultado do referendo sobre a saída do Reino Unido da União Europeia, o que gera incerteza. 

Aliás, na análise divulgada em Maio, o BBVA tinha mesmo revisto ligeiramente em alta a sua previsão para o crescimento da economia portuguesa no acumulado do ano. Uma revisão feita antes do referendo no Reino Unido e da divulgação dos dados económicos sobre a evolução da economia.

Ver comentários
Saber mais BBVA estimativas económicas economia PIB
Mais lidas
Outras Notícias